Blogue Patrocinado Por

Blogue Patrocinado Por

sábado, 5 de agosto de 2017

Brioche Francês...

Historicamente, o Brioche é um dos pães fermentados mais antigos do mundo e acredita-se que a sua produção começou no Norte da França, em Brie.
Os primeiros Brioches foram confecionados com farinha, sal, água e queijo Brie, iguaria que atribuía um tempero especial a esta maravilha. Mas, com o passar do tempo, e como na maioria das receitas, novos ingredientes foram adicionados à receita base.
Pelos arredores de Paris, o queijo Brie foi substituído por leite, ovos, manteiga e açúcar, fazendo um extraordinário sucesso e acreditem transformando-o em algo muito melhor.
Com esta transformação da receita, o Brioche Francês passou a ser um pão de massa fermentada doce, sofisticado e muito apreciado pelos nobres franceses e por mim que o ADORO, pela sua maciez, aroma e sabor inconfundíveis.
Mas...há sempre um mas, a massa do Brioche Francês TEM que ser preparada de véspera!
Pois, eu sei...mas pensem comigo:
preparar de véspera e na manhã seguinte, só ter que o colocar no forno e ao pequeno almoço Brioche quentinho para degustar, haverá algo melhor?
Bonjour!


Ingredientes:
5 Ovos
80g de Açúcar
550g farinha T55
125g Manteiga
175ml Leite
10g Flor de Sal, SALINAS CORREDOR DO SOL
11g levedura em pó FERMIPAN ou 20g fermento fresco
1 Ovo para pincelar (usei apenas água)
Preparação:
1. Num recipiente misturar primeiro os ingredientes secos: farinha, açúcar e sal.
Reservar.
2. No copo da Bimby, deitar o leite, a manteiga e o FERMIPAN
Programar 3Min./37º/Vel.2
Deixar repousar 5Min. de modo a que o fermento seja ativado.
3. Ligar a Bimby, na velocidade 1, sem tempo programado e pelo bucal adicionar os ovos, um a um.
4. Após os ovos estarem todos adicionados, juntar agora a mistura dos ingredientes secos reservados.
Programar 5Min./Vel.Espiga
5. Retirar a massa e colocar num recipiente, tapando-a com um pano húmido por cerca de 1H.


6. Passado esse tempo, retirar a massa do recipiente e colocá-la sob uma bancada polvilhada com farinha.
Moldar a gosto.
Decidi dividir a massa em 2 partes iguais e formei 2 rolos, enroscando um no outro.




Coloquei, então a massa numa forma própria para pão, revestida com papel vegetal e levei ao frigorífico toda a noite, no mínimo 12 horas.
Quando refrigeradas, as massas continuam a fermentar e quando estão no frio por um largo período, a massa fermenta muito melhor e o resultado é um pão sem sabor a fermento e com sabor a pão de verdade!
7. Na manhã seguinte, é só retirar o Brioche do frigorífico e deixar 30Min., à temperatura ambiente.
8. Pré-aquecer o forno a 180º, pincelar com ovo batido OU água e levar a forno e deixar assar até obter uma cor douradinha, cerca de 40Min.








quinta-feira, 3 de agosto de 2017

Pastéis de Feijão...

Um doce típico de Portugal, cuja receita remonta ao séc. XIX e que tem como ingredientes base a Amêndoa e o Feijão branco.
Chegar até à receita original é impossível, pois claro, mas aproximar-nos é possível, adaptar a nosso gosto é uma tarefa tornada realidade.
Existem muitas receitas, muitas variações, umas que agradam mais, outras menos...então fiz à minha maneira e correu bem!
Em formato Pastel ou até mesmo em Tarte de Feijão faz sempre as delícias cá de casa.
O êxito deste doce prende-se aos detalhes com que são feitos, com os pormenores, mais até do que com o segredo das quantidades dos ingredientes.
Quanto à sua qualidade...bem essa, está intimamente ligada à minúcia da própria confeção que faz dele um doce sublime.
Dar atenção aos pequenos detalhes faz com que o resultado final de qualquer receita seja simplesmente deliciosa. ;)


Ingredientes:
3 ovos + 4 gemas
100g Feijão branco cozido
80g Amêndoa
150g Açúcar
100ml água
casca de 1 Limão
1 Placa de Massa Folhada
Açúcar em pó q.b.
Preparação:
1. No copo da Bimby deitar a água, a casca do Limão e o açúcar.
Programar 8 Min./100º/Vel.2
2. Retirar a casca do Limão.
Retirar os copo da base, até que atinja a temperatura 60º.
3. Voltar a colocar o copo na base, adicionar a Amêndoa e o Feijão.
Programar 10Seg./Vel.5


 4. Juntar os ovos e as gemas. 5Seg./Vel.5
Reservar.


5. Enrolar a base de massa folhada e dividir em porções com 2cm de largura.
Forrar as formas próprias para pastel.




 6. Deitar o preparado na formas até encher.
Polvilhar com uma camada generosa de açúcar em pó.


7. Levar ao forno a 200º/ cerca de 20Min.


Retirar do forno, deixar a temperatura estabilizar por 10Min., polvilhar com mais um pouco de açúcar em pó e servir.
Mornos ou frios, serão uma delícia!





terça-feira, 1 de agosto de 2017

Cornucópias...

As Cornucópias... sejam em versão doce ou salgada, apresentam-se sempre em forma de cone de massa folhada ou até mesmo massa brioche ou de empada.
Com recheios diversos: de atum, saladas frias nas versões salgadas ou creme de pasteleiro, ovos moles ou creme de ovo para as versões doces.
Tradicionalmente, a Cornucópia, a sua forma inspira-se na de um vaso com feitio que lhe dá a sua característica própria e que na Antiguidade simbolizava a fertilidade e a abundância, pois do seu interior jorravam frutos e flores. 
Hoje, decidi experimentar e nem mesmo o facto de não ter as formas adequadas me demoveu. Improvisei e fiz umas forminhas que ficaram perfeitinhas e são super fáceis de fazer!
Aqui estão elas...


Ingredientes:
1 base de massa folhada
100g açúcar
450ml leite
4 ovos
50g farinha Maizena
Casca de Limão
Preparação:
1. Fazer pequenos cartuchos de papel e revestir com papel de alumínio, seguindo os seguintes passos.
No final, obterão as forminhas das Cornucópias.
A parte circular deve ficar totalmente preenchida com papel de alumínio de forma a criar uma base para que estas se mantenham em pé.


2. Desenrolar a placa e cortar com a ajuda de um cortador, em tiras de 2cm.


3. Enrolar as tiras nas formas, começando pela ponta mais fina até cerca de 2cm do fim.
(Como experiência forrei 2 cones até ao extremo, partiram ao desenformar)
 

4. Numa tigela, deitar um ovo, pincelar os cones.
Os cones deverão estar colocados num tabuleiro forrado com papel vegetal (aproveitei o da base da massa folhada) e vão ao forno na posição vertical a 200º/10-12Min. ou até dourarem.


5. Após o tempo terminado, abrir a porta do forno e deixar a temperatura estabilizar cerca de 5Min.
Retirar e desenformar ainda mornos, com cuidado.




Deixar arrefecer as Cornucópias.
Creme para Recheio:
1. Deitar todos os ingredientes do Creme no copo da Bimby, exceto a casca do Limão.
Programar 6Seg./Vel.5

2. Adicionar as cascas de Limão.
Programar 10Min./90º/Vel.2

3. Deixar arrefecer o creme.
Rechear as Cornucópias.


Sugestões de outros Recheios: