Blogue Patrocinado Por

Blogue Patrocinado Por

sexta-feira, 16 de junho de 2017

Gelado de Mascarpone e Frutos...

Um quarteto maravilha de ingredientes para juntar em dias de calor e totalmente isento de açúcar!
O calor está instalado e eles, os gelados, sabem sempre bem, que nem ginjas... diria eu.
As crianças, são as principais devoradoras, ok... eu junto-me a elas e não dispenso diariamente este pedacinho de puro prazer gelado.
Mas...muitos dos que por aí andam estão cheios de açúcar, esse doce veneno... difícil de resistir.
Sabiam que:
"Problemas de dentes e excesso de peso são as faces mais visíveis do consumo excessivo de açúcar pelas crianças, mas estão longe de ser as mais perigosas. Num mundo em que o doce é uma recompensa, há que mudar mentalidades e hábitos alimentares, porque o excesso de açúcar no sangue não dói, mas mata."
Pois, é verdade...mata, mesmo!
“O açúcar em excesso é um perigo para a saúde da criança, pelo que os alimentos que contêm adição de açúcar na sua preparação devem ser consumidos o mínimo possível e o mais tarde possível, não devendo fazer parte da alimentação do dia-a-dia”.
Ok, ok...muitos estarão a pensar: E então?
Eu também sou gulosa, também como guloseimas, também uso açúcar, mas a verdade é que neste tipo de sugestões como a de hoje, não o uso, porque a fruta por si só já contém açúcar.
“O açúcar é uma importante fonte de energia para o nosso organismo, e, portanto, indispensável ao normal metabolismo celular. É o combustível que precisamos para um normal crescimento, desenvolvimento e atividade física. No entanto, numa criança saudável, o normal metabolismo celular é assegurado pelo açúcar presente naturalmente nos alimentos, tais como cereais, leite e derivados, frutas e legumes, e que fazem parte de uma alimentação saudável”.
Não custa tentar, mudar mentalidades.
Podem ler todo o artigo, do qual tirei algumas citações, AQUI 
 
Um gelado SEM açúcar também é delicioso. ;)


Ingredientes:
300g de morangos congelados
2 bananas bem maduras
2 claras
1 embalagem de Mascarpone (poderão usar iogurte grego ou natural)
Preparação:
1. Deitar no copo, os morangos congelados e programar 30Seg./Vel.5
2. Adicionar as bananas maduras e programar 15Seg./Vel.3
3. Inserir a borboleta, verter as 2 claras e programar 5Min./Vel.3
4. No final, verter o queijo Mascarpone e envolver durante alguns segundos.
Poderão servir de imediato ou reservar em Tupperwares próprios para refrigeração.


Sugestão:
1. Podem optar por outro tipo de fruta.
2. Depois de adicionarem o queijo, deverão colocar a mistura no congelador pelo menos 30Min/1h e para promover a cremosidade do gelado, deverão mexer com uma colher de 15 em 15Min.
Contudo, podem comer de imediato e terão uma Espuma. ;)
3. Podem adicionar 2 a 3c. de compota a vosso gosto, isto para os gulosos, envolver, antes da ida ao congelador.

sexta-feira, 2 de junho de 2017

Fondant de Chocolate e Cereja...

Um Fondant é, sem dúvida, um sério concorrente à sobremesa de chocolate perfeita!
Não fosse eu uma gulosa, perita nestas coisas...
Juntar Cerejas aos ingredientes, faz com que eleve a um patamar mais elevado dos sabores únicos e irresistíveis este pedaço de mau caminho. 
Quem decidir experimentar e comer vai correr um grande risco de cair em tentação! ;)
Ingredientes:
200g açúcar Areado, SIDUL
300g de chocolate de culinária, em pedaços (usei uma mistura de chocolate de leite, negro e cacau puro)
5 Ovos
50ml de chá de Pétalas de Rosa (deverá estar morno)
1c. de chá de canela em pó, SULDOURO-NAVIRES
200g de manteiga
90g Farinha MAIZENA
100g Cerejas, descaroçadas + q.b. para decorar
1c. chá de fermento para bolos OU FERMIPAN
Preparação:
1. Colocar no copo, seco e limpo, o açúcar e o chocolate.
Dar 3 golpes de turbo, seguidos de 15Seg./Vel.9.
 
2. Separar as claras das gemas. Reservar as gemas.
Numa batedeira, bater as claras em castelo.
Reservar.
3. Pré-aquecer o forno a 200º C.
4. Adicionar ao preparado de chocolate, o Chá de Rosas, a manteiga e a canela.
Programar 4Min./100º /Vel.2.

5. Aos 2Min. adicionar pela bucal da tampa as gemas.
No final, adicionar a farinha e o fermento.
Misturar 10Seg./Vel.3
6. Verter o preparado do Bolo nas claras em castelo e com a ajuda de uma vara de arames envolver delicadamente.
7. Forrar a forma de fundo amovível, Nº 22, com papel vegetal e untar as laterais com manteiga e polvilhar com farinha.
8. Deitar na forma as cerejas descaroçadas e por cima destas verter o preparado do Fondant.
Levar ao forno cerca de 25Min.
O exterior formará uma crosta, o interior será assim semelhante a uma lava de vulcão.
9. Ao retirar do forno, deverão deixar arrefecer dentro da forma.
Depois de frio, polvilhar com açúcar em pó e decorar com cerejas frescas.




quarta-feira, 31 de maio de 2017

Dip de Beringela...

Quantas vezes queremos fazer uma entrada diferente ou até mesmo um acompanhamento para surpreender e não sabemos bem o que fazer...
Acontece muitas vezes não é?
Deixo-vos uma sugestão muito fácil, rápida, saborosa e que faz um brilharete quando degustada.
O ingrediente principal é a
Beringela Púrpura, servida num DIP.
Mas...o que é um DIP?
Um DIP é um molho que funciona como entrada ou até acompanhamento, mas não entra na confeção do prato.
Usa-se para dar aroma, sabor e textura a comidas como grelhados, fondues, tapas ou até para ser ele próprio a estrela, quando comido sobre tostas ou pão.
Os DIPS que eu mais faço são os de iogurte, são característicos das cozinhas grega, turca e dos países do Médio Oriente.
São tão variados quanto a nossa imaginação e o gosto. Muito versáteis e com diferentes ingredientes são uma delícia.
Foram há muito adotados pela cozinha internacional, nomeadamente como molhos para saladas, aproveitando o facto de serem molhos que permitem um belo efeito com reduzidos custos calóricos, principalmente se comparados com as bases gordas dos molhos espessos tradicionais.
A base de um DIP de iogurte é, naturalmente, o iogurte e conforme for a consistência final desejada, mais ou menos líquida, assim se usará iogurte natural ou o iogurte grego e até mesmo o iogurte líquido (sempre na versão natural).



Ingredientes:
2 dentes de Alho
2 Beringelas
40ml de Azeite, GALLO
1 cebola média
120ml de iogurte grego ou natural 
Flor de Sal Especial Piri-piri, Salinas Corredor do Sol
Pimenta preta moída q.b., Suldouro Navires
Orégãos, AromaAlentejo
Folha de Louro, AromaAlentejo

Preparação:
1. Retirar a pele da Beringela com a ajuda de uma faca.

Cortar a Beringela em cubos.

 
Dica:
Colocar a Beringela em água e sal para lhe retirar a acidez durante 30Min.
Após esse tempo, lavar bem.
2. Aquecer uma frigideira com azeite (de modo a que o fundo fique todo preenchido), dois dentes de alho picados, folha de Louro, orégãos e meia cebola picada. 


Assim que a cebola ficar translúcida, juntar a Beringela e vá acrescentando azeite, conforme o necessário.
Dica:
O lume deve estar forte para fritar bem a beringela, assim ela irá libertar todos os seus sucos naturais.
3. Juntar sal.
Mexer durante 5Min. para não pegar.
4. Picar a outra metade da cebola e reservar.

5. Quando a Beringela começar a desfazer-se está no ponto. 


6. Passar a Beringela para um copo misturador.
Juntar o iogurte.
Triturar tudo.

A textura deve ser cremosa.
7. Colocar o preparado numa taça.
Acrescentar a meia cebola picada, reservada e envolver bem.
Ajustar o Sal e a Pimenta.
Podem servir morno ou até mesmo frio, é delicioso.

sexta-feira, 26 de maio de 2017

Cheesecake de Cereja...

Dia do Cheesecake e um dos meus preferidos não podia faltar à festa!
Mas, por falar em festa... cerca de 2 semanas atrás, fui a uma festa de aniversário.
Nessa festa estava o "Sr." Simão, amigo do meu marido que em tom de brincadeira passou a chamar-me a "Sra." do Cheesecake! 
Porquê? Ora bem porque como forma de agradecimento pelo convite para a festa, tinha levado um Cheesecake de Framboesa D-E-L-I-C-I-O-S-O para os anfitriões, pois também eles adoram esta sobremesa!
Portanto, segundo ele... o Cheesecake era meu e eu era a "Sra." do Cheesecake!
O André, outro amigo, guloso q.b. (é cá dos meus!) não se fez de rogado e comeu 4 generosas fatias...levou-me a crer que adorou! ;)
Então... em especial para eles, hoje, que é o dia dele e eu sou a "Sra" dele... há Cheesecake, há receita nova e há sobremesa.
Simão e André, vão ter que testar esta receita, pois deste só vão mesmo ver as fotos! :D
Quem gosta? Eu adoro!


Ingredientes:
Cerejas em Calda
Doce de Cereja
200g de Bolacha Maria
70g margarina
2 iogurtes naturais
4 folhas de gelatina
150g açúcar 
250g Queijo Fresco
1c. chá de sumo de Limão
Preparação:
1.  Colocar as folhas de gelatina numa taça com água para hidratar.
Reservar.
2. No copo deitar as bolachas e a manteiga.
Programar 30Seg/Vel.5
3. Forrar uma forma de fundo amovível nº 18 e forrar com uma base de papel vegetal.


Deitar o preparado da bolacha e forrar.
4. Com a ajuda de uma colher, começar por preencher as laterais da forma.





Depois, com a ajuda de uma colher medidora, formar uma caixa, calcando bem as laterais.
Só depois calcar o fundo.


5. Levar ao forno pré-aquecido a 180º/8Min.
Retirar e reservar.
6. No copo da Bimby, deitar os iogurtes e o açúcar.
Programar 2Min./70º/Vel.2
7. Adicionar as folhas de gelatina escorridas.
15Seg./Vel.3
8. Adicionar o Queijo Fresco e o sumo de Limão. Programar 25Seg./Vel.4
Verter o preparado na base de bolacha e levar ao frigorífico durante 3H.
(Se preferirem podem deitar no fundo da caixa de bolacha o doce ou as cerejas em calda e só depois verter o preparado do cheesecake.)


9. Decorar com o Doce de Cereja e com as Cerejas em Calda.
Servir.







Cerejas em Calda...

As Cerejas dão o ar de sua graça por esta altura e estão em todo o lado!
Embelezam as paisagens, enriquecem as prateleiras dos supermercados e entram nas nossas casas para satisfazer os nossos desejos.
Carnudas com vários tons de vermelho e de diferentes qualidades, adoro!
Contudo...chegará o dia em que a abundância vai escassear, mas por agora continuam a abundar, certo?
Por vezes até em demasia...como poderemos então conservar as Cerejas?
Em calda, ora pois!
Nada como recorrer aos saberes ancestrais, para aplicar nos tempos modernos...


Ingredientes:
Para a Calda:

1L de Água
500g de Açúcar
1c. chá de sumo de Limão
Preparação:
1. No copo da Bimby, deitar os ingredientes.
Programar 40Min./Varoma/Vel.1, SEM O COPO MEDIDA
2. Findo o tempo, retirar a calda para um recipiente de vidro e deixar arrefecer cerca de 15Min., mexendo de vez em quando. 
 
Preparação das Cerejas:
1.  As cerejas a conservar não devem ter quaisquer toques, devendo-se escolher as mais rijas e menos maduras.
Retira-se apenas o pé.
lavar em água corrente e abundante.
Deve-se manter o caroço...mas se não o desejarem podem removê-lo, no entanto, alerto para o facto de que as cerejas não ficarão tão direitinhas.
2. Em frascos de vidro, previamente escaldados em água fervente, deitar as cerejas.
3. Encher os frascos, de forma a taparem as cerejas com a Calda reservada.
Fechar os frascos.

O passo seguinte é a Esterilização em Vácuo.
Para tal, colocam-se os frascos bem fechados, numa panela que permita cobri-los completamente de água. 
Após, a água entrar em ebulição, mantém-se a fervura durante 15Min.
Findo esse tempo, os frascos deverão arrefecer mergulhados nessa mesma água.
Depois, é só guardarem os frascos onde não estejam expostos à luz direta do sol e em local seco.



quinta-feira, 25 de maio de 2017

Madalenas...

As Madalenas, ou “Madeleines”, como são ainda hoje chamadas, são biscoitos, tradicionalmente feitos numa forma de madeira com buracos na forma de conchas.
São originários da comunidade de Commercy, na região de Lorraine, localizada no nordeste da França. Oui, oui!

Existem várias receitas destes biscoitinhos deliciosos, com mais ou menos adições, quase todas elas indicam uma mistura de ovos, açúcar, farinha, fermento, manteiga derretida e raspa de limão ou laranja, que depois é assada em forno brando, em formas que lembram conchas de ameijoa.
Gosto bastante e visualmente estas conchinhas apresentam uma forma muito delicada e fazem sempre brilharete na hora de um lanche mais requintado entre amigas.

Mas, a minha sugestão de Madalenas, não é a tradicional... esta receita é uma versão saudável em que não tem farinhas brancas ou açúcares refinados.
Vamos à receita? ;)

 
Curiosidade:
Segundo historiadores, foi no século XVIII que as freiras de um convento dedicado a Maria Madalena, faziam e vendiam bolinhos em formatos de concha para manter o Convento e as suas creches.
Quando os Conventos e Mosteiros foram abolidos de França, durante a Revolução Francesa, as freiras viram-se forçadas a venderem a receita original aos pasteleiros da região, que consequentemente passaram a produzir este doce e ao qual atribuíram o nome de Madeleine em homenagem a Maria Madalena.

Ingredientes:
Para 12 Madalenas
(Podem dobrar as quantidades, mantendo sempre os tempos)
2 Bananas maduras
2 Ovos
20g Mel
50g Flocos de Aveia Integral
100g Manteiga de Amendoim, PROZIS
1c. chá de fermento FERMIPAN
Pepitas de Cacau Orgânicas, ORGANIC RAW CACAO NIBS, MYPROTEIN
Preparação:
1. Colocar no copo da Bimby todos os ingredientes EXCETO as Pepitas.
Programar 30Seg./Vel.3
2. Untar com manteiga e polvilhar com farinha uma forma própria para Madalenas - A Metalúrgica Bakeware Production, s.a.
3. Verter o preparado de modo a preencher as conchas.
(não enchi na totalidade e ficaram pequenitas...)


4. Deitar algumas Pepitas de Cacau no topo.
5. Levar ao forno a 180º até dourar. (cerca de 12Min.)
Retirar, deixar arrefecer um pouco.


Desenformar e servir.





domingo, 21 de maio de 2017

Bolo Floresta Negra...

Um bolo maravilhoso com contrastes de sabores densos e delicados!
Adoro!
O Bolo Floresta Negra é o nome da sobremesa alemã Schwarzwälder Kirschtorte.
Tipicamente, este bolo consiste em simples camadas de bolo de chocolate, com creme chantili e cerejas.
Depois, o bolo é coberto com o mesmo creme, cerejas e raspas de chocolate. 
Pela Europa, são utilizadas cerejas Ginja, a par com um licor destilado de cerejas negras, o Kirschwasser que é adicionado ao bolo, mas também podem ser usados outros licores, como o rum, mais comum nas receitas austríacas.
Nos Estados Unidos, este bolo é preparado sem álcool, salvo algumas exceções.
Entretanto, segundo as tradições alemãs, o Kirschwasser é obrigatório na receita, sendo ilegal a venda do bolo sob o nome Floresta Negra sem o dito cujo.
Escusado será dizer que o Bolo Floresta Negra surgiu na região com este mesmo nome, na Alemanha. O segredo para deixá-lo irresistível é caprichar nas Cerejas, que devem ser de excelente qualidade, quer nas que são usadas no recheio quer na cobertura:
Outro fator importante é deixar a massa de chocolate bem molhada com a calda. Se respeitarem ambas as dicas, o sucesso é garantido.
Deixo-vos a receita para que experimentem esta maravilha!


Ingredientes:
Bolo:
170g de Margarina vegetal
150g de chocolate preto 
125ml de leite
200g de farinha T55
1c. chá de Fermento (usei Fermipan)
160g de Açúcar
70g de Açúcar Areado Amarelo, SIDUL
1c. sopa de Cacau em pó
5 Ovos
120g de iogurte natural 
Preparação:
1. No copo da Bimby, deitar os quadrados de chocolate, o leite e a margarina.
Programar 5Min./70º/Vel.1


Retirar para um recipiente e deixar arrefecer.
2. No copo, deitar todos os ingredientes secos.
Com a espátula envolver.


3. Adicionar os ovos.
Programar 20Seg./Vel.3


4. Adicionar ao preparado de chocolate o iogurte e com uma vara de arames envolver.


5. Ligar a Bimby na Vel.1, sem tempo programado e pelo bucal verter o preparado de chocolate.
Assim que estiver bem misturado, desligar.
6. Untar 2 formas de igual tamanho (usei tamanho 16) com manteiga e polvilhei com farinha.
Distribuir em quantidade igual, o preparado do bolo em ambas as formas.
Se usarem apenas uma forma, devem bater as claras em castelo e adicioná-las como último passo da receita.


7. Levar ao forno a 160º/ 60Min.
Fazer teste do palito. O Bolo fica húmido.
8. Retirar do forno e deixar arrefecer na totalidade.


Recheio de Mascarpone:
Preparar no dia anterior ou com 2h de antecedência
Ingredientes:
100ml de Natas para bater, AGROS
100g Queijo Mascarpone
2c. sopa de Açúcar em pó (devem fazer a prova e em caso de necessidade adicionar açúcar a vosso gosto)
Preparação:
1. Com a ajuda de uma batedeira, bater as natas.
Adicionar o açúcar e envolver bem.
2. Adicionar o Mascarpone e envolver delicadamente com uma espátula.
Reservar no frigorífico.

Calda de Cerejas:
Ingredientes:
150g de Cerejas descaroçadas
1c. de sopa de Limão ou Lima
50g de açúcar
30ml de Licor de Cereja, Quinta da Pisca ou outro


Preparação:
1. Colocar todos os ingredientes num tachinho, deixar levantar fervura.
Manter a temperatura e cozinhar até engrossar os sucos libertados.
2. Deixar arrefecer na totalidade, antes de usar.

Ganache de Chocolate:
Ingredientes:
50g de Chocolate Preto
50ml de Natas, AGROS
15ml de Licor de Cereja, Quinta da Pisca (opcional)
Preparação:
1. Colocar todos os ingredientes num tachinho e deixar derreter e engrossar ligeiramente.
Retirar do lume e deixar arrefecer cerca de 10Min., antes de usar voltar a mexer.

Montagem do Bolo:
1. Depois dos 2 bolos totalmente arrefecidos, pincelar cada um deles com um pouco da Calda das Cerejas.
2. Colocar a primeira camada de bolo sobre o prato onde vão servir e cobrir com metade do Recheio de Mascarpone.


3. Sobre o Mascarpone, colocar toda a Calda das Cerejas.


4. Tapar esta cobertura anterior com o restante Recheio de Mascarpone. 


5. Colocar o segundo disco de bolo.
Algum do recheio irá sair do bolo. NÃO SE PREOCUPEM!
Com uma espátula, barrar o excesso, mas de modo a que o bolo se transforme agora num Bolo semi-naked.
Dica: No centro do bolo, espetar um palito para que o topo não deslize.
Aproveitar parte desse excedente para barrar ligeiramente o topo do bolo.
6. Depois do topo coberto, verter ao centro a Ganache de Chocolate.
Decorar a gosto com Cerejas.
Podem também decorar com lascas de Chocolate.
O Bolo deverá ser conservado no frigorífico até ao momento de servir.