Blogue Patrocinado Por

Blogue Patrocinado Por

sexta-feira, 26 de agosto de 2016

Trança...

A famosa Trança, sim a famosa!
Já a fiz tantas vezes, que já lhe perdi a conta...a sério!
Seja na versão doce ou salgada é uma iguaria que sai sempre bem e não falha! Mal se coloca na mesa, ela conquista pela sua apresentação, dá-se uma trincadela na fatia e já só se pensa na próxima...é assim mesmo, tal e qual!
A receita da Trança, já anda AQUI no Blog desde os primórdios...mas a receita que usava era a do livro base da TM31.
Com a aquisição da TM5, uma nova receita desta mesma trança está incluída mas numa versão diferente: sem ovos, menos manteiga, menos farinha e confesso que me agrada mais.
Para o lanche de hoje, saiu Trança... ;)


Ingredientes:
300ml leite
1 saqueta 7g de FERMIPAN
60g açúcar
50g manteiga (só usei 40g)
550g farinha T65 (usei 550g T55)
1c. chá de sal (Não usei)
1 ovo batido para pincelar
Preparação:
1. No copo colocar o leite, açúcar, o fermento e a manteiga.
Programar 3Min./37º/Vel.2
2. Adicionar a farinha. Amassar 3Min./Vel.Espiga


3. Retirar a massa do copo e colocar num recipiente.
Deixar levedar, tapada com um pano de algodão cerca de 1.30H ou até que dobre de volume.
Eu coloco o recipiente dentro do forno DESLIGADO com a porta fechada.


4. Depois de levedada, polvilhar a superfície onde vão trabalhar a massa com farinha.
Podem usar toda a massa para UMA Trança e assim vão obter uma trança GIGANTE.
Eu prefiro dividir a massa em 2 partes iguais e depois cada uma delas em 3.
5. Depois de dividida a massa e com a ajuda de um rolo da massa, esticar cada uma das partes.
Enrolar de modo a obter 3 rolos de tamanho igual, colocando as dobras para baixo.


6. Fazer uma trança.
Deixar descansar 30 Min.


7. Pincelar com o ovo batido.
Levar ao forno a 180º/30Min.


Sugestão:
Antes de levarem ao forno podem colocar um topping de coco, polvilhar com açúcar e canela, colocar pepitas...

Retirar do forno, deixar arrefecer e comer :D
Podem polvilhar com açúcar em pó...
Barrar com manteiga, compotas, queijo fresco...


quarta-feira, 24 de agosto de 2016

Waffles: uma dupla versão...

Cá em casa temos usado e abusado da maquineta dos Waffles, tanto,mas tanto que é praticamente dia sim, dia SIM!
Hoje a Rádio Comercial lembrou-nos que era o dia deles: dos Waffles! E logo num dia que eu tinha pensado em não dar uso à maquineta, até parece que foi propositado...
Se é o dia deles, dos Waffles...celebremos em DOSE DUPLA! :D






Ingredientes ( 12Waffles):
Waffles:
2 ovos
250ml de leite
350g farinha T55
1c. fermento para bolos
70g açúcar
Preparação:
1. Colocar todos os ingredientes no copo da Bimby.
Programar 30Seg./Vel.4



2. Retirar o preparado para um recipiente e deixar a massa descansar por 30Min.
3. Preparar a máquina dos Waffles e assim que estiver com a temperatura adequada, deitar uma porção ao centro, deixar cozer, respeitando os tempos da vossa máquina.



4. Retirar da máquina e servir com compotas, simples ou com gelado e até mesmo frutas.


Waffles de Alfarroba
Ingredientes (8waffles):

1 ovo
200g farinha de Arroz
50g  farinha de Alfarroba
30g açúcar amarelo
1c. fermento em pó para bolos
125ml leite magro
Preparação:
1. Colocar todos os ingredientes no copo da Bimby.
Programar 30Seg./Vel.4


2. Retirar o preparado para um recipiente e deixar a massa descansar por 30Min.
3. Preparar a máquina dos Waffles e assim que estiver com a temperatura adequada, deitar uma porção ao centro, deixar cozer, respeitando os tempos da vossa máquina.


4. Retirar da máquina e servir com queijo quark, puré de maçã, pólen e canela.
A foto é do meu marido e esta foi a sua sobremesa :)


Celebremos assim o Dia do Waffle! ;)

domingo, 21 de agosto de 2016

14 anos de Amor...

As minhas filhas, fizeram no passado dia 09 de Agosto, 14 anos! O tempo começa a passar demasiado rápido e dou por mim tantas e tantas vezes a repetir as mesmas expressões que ouvia a minha mãe dizer para as amigas dela.
Na altura, confesso que pensava que a minha mãe estava a brincar, só podia! Eu, com uma vontade imensa de crescer e ela a constatar uma realidade totalmente diferente. Hoje, percebo que aquelas palavras eram somente a mais pura das verdades.
No dia em que elas nasceram, melhor, no dia seguinte, (a cesariana tem destas coisas, deixou-me a dormir por mais tempo do que aquele que era previsto) senti-me como se fosse a MÃE mais abençoada do mundo. Era e continuo a ser!
Uma cesariana, 4,750Kg divididos entre duas bebés, cada uma delas com 45cm.
Apenas 2 minutos separaram os dois nascimentos e algumas horas para eu estar junto a elas...pois, eu que as carreguei no meu ventre durante 35 semanas fui a última a conhecê-las.
Chegaram ao colinho do pai, 30 minutos depois de nascerem. Conheceram logo ali a avó Rosa, o avô Salazar e a Titi Nélinha...só depois a mamã, que estava com uma soneira daquelas, mas mesmo assim não parava de perguntar: "As meninas... estão bem?"

Durante a minha abençoada gravidez foram muitas as transformações que o meu corpo sofreu, mas só uma interessa destacar...desde o primeiro segundo em que soube que estava grávida, o meu coração dilatou-se a cada dia...muito, tanto e cada vez mais até ao dia de hoje e assim será, para SEMPRE...


Para o aniversário delas, fiz um bolinho.
Não sei o porquê, imagino uma coisa, mas acaba por sair algo bem diferente... sempre mais bonito do que aquele que havia idealizado.
Contudo, o bolo que elas pedem, os recheios e os motivos decorativos estão sempre lá, mas a apresentação, apesar de elas não serem exigentes é sempre uma surpresa.

Ora fazer um bolinho em casa não é de todo difícil! Basta alguma criatividade, aproveitar frutas da época e brincar com a apresentação.
Os bolos escolhidos foram muito simples: Pão de Ló de Chocolate e Pão de Ló

Os recheios: Ovos Moles com Doce de Chila misturados e simples.
Para a decoração utilizei frutos frescos: Amoras, Framboesas e Mirtilos.
Barrei todo o exterior do bolo com Buttercream, cuja receita está, AQUI

Usei ainda Pérolas Brancas da Vahiné.

Aqui fica o registo da forma como fiz a montagem do bolo.





Depois de todo o bolo recheado foi só barrar com o Buttercream...




E decorar a gosto...




 




O importante é que elas adoraram e eu também.
Quando o ingrediente principal: o Amor, está presente, não há como falhar!

  
 
Parabéns, Inês e Renata!
Amo-vos...








sábado, 20 de agosto de 2016

Rolo de Carne recheado...

Um Rolo de Carne é uma excelente oportunidade para impressionar os amigos ou a família.
Apesar de ser muito simples, ele é rico em sabores e ingredientes, desde que seja preparado de forma cuidada.
É um prato fácil e muito versátil de preparar.
Quando acabado de tirar do forno, quente e saboroso, é ideal tanto para um jantar mais formal, digamos assim, como para a marmita do dia seguinte. Pode ser acompanhado por legumes e arroz ou aconchegado numa fresca folha de alface, entre duas fatias de pão e...maionese, caseira, claro!
Não há quem lhe resista e é difícil recusar pelo menos uma fatia...duas! :D
O rolo de carne pode ser feito com carne de vaca, de porco ou de aves, ou ainda numa combinação das várias carnes. Pode ser recheado com farinheira, queijo, alheira, puré de maçã, tâmaras ou até espinafres.
Para que possam ter uma experiência inesquecível, decidi fazer o Rolo que eu mais gosto, com o passo a passo de como fazer um rolo de carne rico em ingredientes de sabores acentuados, em que o doce e o salgado combinam na perfeição.
Além do ingrediente base, a carne picada, este rolo leva fiambre, queijo, bacon e tâmaras. Um verdadeiro festim para as papilas gustativas e para o estômago. E a melhor parte? Não precisa de mais nenhum acompanhamento para além de uma saladinha bem temperada ou de uma boa dose de legumes frescos salteados.
Sejam criativos e arrisquem. Acrescentem outros enchidos ou legumes, adaptem ao vosso gosto pessoal.


Ingredientes:
200g pão ralado aromatizado, feito na Bimby ;)
1 cebola grande
Alho em pó Suldouro Navires
Ervas Aromáticas Aroma Alentejo a gosto
1Kg de carne de vitela picada
2 ovos
Sal Salinas Corredor do Sol
Noz-Moscada
Fatias de Bacon, Fiambre e Queijo
Tâmaras
Preparação:
1. Fazer pão ralado aromatizado, receita, AQUI
Reservar.
2. No copo colocar a cebola, o alho, as ervas aromáticas, sal e noz-moscada.
Programar 10Seg./Vel.5
3. Adicionar a carne picada, 1 ovo e 100g do pão ralado.
10Seg./Vel.4


4. Numa folha de papel vegetal e com a ajuda de um rolo, esticar todo o preparado de carne com o tamanho pretendido.


5. Rechear a gosto, colocando os ingredientes em camadas.


6. Enrolar como se fosse uma torta.




 7. Depois de totalmente enrolado, humedecer as mãos em vinagre e passar por toda a superfície do rolo. Deste modo, não vai abrir.
Devem fechar as extremidades para que o recheio se mantenha todo no interior.


Opcional: Bater o ovo e pincelar o rolo, passar o rolo por pão ralado.
Colocar as fatias de bacon por cima do rolo.
Numa forma de bolo Inglês, forrar com papel vegetal e colocar o rolo.
Levar ao forno a 180º cerca de 30Min.
Cortar em fatias e servir, quente ou frio.


 




sexta-feira, 19 de agosto de 2016

Tarte Pastel de Nata...

Apeteceu-me algo doce!
E também já faltava uma publicação...ai já, já! Depois de uma pausa aqui no Blog para férias...surgiram algumas festividades que me ocuparam muito do meu tempo.
Andei em modo: aniversário da mãe, aniversários das filhas, casamento, batizado, almoços, lanches e jantares com familiares vindos do estrangeiro para as férias de verão, reencontros com amigos e família, família e família!
Mas, durante todo este tempo, não deixei de cozinhar, nem de fazer docinhos maravilhosos para todos eles. O tempo para publicar as receitas é que não foi muito.
Na minha vida existem prioridades e a minha família será sempre a minha primeira prioridade.
Agora já com as festas e reencontros em dia, aos poucos as publicações vão voltar.
Tenho tanto para organizar...
"Mãe, no teu telemóvel é só fotos de comida!!!!" Ups!
Num desses dias, fiz uma Tarte Pastel de Nata, apesar de já ter publicadas AQUIAQUI queria fazer algo diferente e principalmente queria uma tarte que não tivesse massa folhada na sua base.
Queria também que fosse fácil e deliciosa, claro!
Foi então que entre primos e primas, crianças a correr e a saltar, risos e gargalhadas, fiz esta Tarte.
Ahhh e nesta receita, esqueçam as bases de tartes pré-compradas.
Das nossas cozinhas podem e devem sair deliciosas iguarias e que são infinitamente melhor que aquelas que se compram. E não há nada que se compare a saborear algo tão bom, delicioso e maravilhoso sabendo que fomos nós que o fizemos...


Ingredientes:
Para a base:
100g manteiga
100g açúcar pulverizado
250g farinha T55
1 ovo
Preparação:
1.  Coloque todos os ingredientes no copo. Programar 30Seg.Vel.6
A mistura vai estar bastante mole. Devem colocar a mesma em película aderente e levar ao congelador cerca de 1H, OU, podem colocar no frigorífico cerca de 3H.




2. Quando forem trabalhar a base da tarte, devem polvilhar a superfície onde vão trabalhar a massa com farinha.


3. Estender a massa com um rolo de cozinha, dobrar a meio e de novo a meio, formando um triângulo. Sobrepor em cima da forma e desdobrar de forma a forrar a forma na sua totalidade. Modelar com os dedos até ficar a forma fique totalmente coberta.


4. Com a ajuda do rolo da massa, passar nas extremidades e cortar o excedente nas laterais.


5. Com a ajuda de um garfo, picar toda a base.
Depois destes passos, estará pronta para receber qualquer recheio de tarte doce.
Reservar no frigorífico.


Para a Calda de Açúcar:
200g de açúcar
100ml de água
1 Pau de Canela
Casca de limão
Preparação da Calda de Açúcar:
1. Colocar todos os ingredientes no copo e programar 20Min./Varoma/Vel.2.
Colocar o copo medida e assim que atingir a temperatura Varoma retirar o copo medida e deixar destapado.
Reservar, mantendo a casca de limão e o pau de canela na calda.


Para o Creme de Nata:
50g farinha T55
50g de farinha Maisena
30ml água
500ml leite
calda da nata (reservada )
5 gemas + 1 ovo inteiro
Preparação:
1. Ferver o leite, no fogão. Reservar.


2. No copo, inserir a borboleta.
Adicionar  as farinhas  e a água. Programar 2Min./ Vel.3


3. Programar 1Min./ Vel.2 e deitar o leite pelo bocal. Na tampa devem colocar um passador fino, para evitar que a nata do leite fervido entre no copo.


4. Separar as gemas das claras dos 5 ovos.
Adicionar o ovo inteiro e misturar bem.



5. Depois de bem misturado, adicionar os ovos à calda de açúcar reservada.
Misturar bem.


6. Programar 10Min./90º/Vel.3 e adicionar a calda de açúcar com os ovos pelo bocal, novamente com o passador fino inserido.


7. Terminado o tempo deitar o preparado na base da tarte.
Levar ao forno a 200º até dourar.
Cerca de 20Min. (dependendo dos fornos, pode demorar mais alguns minutos)


 8. Retirar do forno.


9. Polvilhar com açúcar em pó e canela.
Servir.