Blogue Patrocinado Por

Blogue Patrocinado Por

quarta-feira, 27 de abril de 2016

Pataniscas do Mar...

As Pataniscas de Bacalhau são típicas da culinária portuguesa, sendo de origem da região de Estremadura.
É um prato em que se fritam colheradas de uma mistura de bacalhau às lasquinhas, desfiado, farinha e ovos.
Contudo, há diversas variantes e a minha sugestão de hoje é uma delas. Gosto das originais, mas quando as como, sinto que me falta ali qualquer coisa...daí fazer quase sempre a minha versão.
São uma opção muito versátil, na medida em que podem servir como entrada ou fazendo mesmo um prato principal, acompanhadas de arroz de feijão vermelho, arroz de legumes, arroz de tomate ou com uma salada de feijão frade. Podem ser consumidas como petisco ou até mesmo numa sandes.
E quando fazemos piqueniques, lá vão elas, pois combinam muito bem com uma refeição ao ar livre.

Ingredientes:
800ml água
400g Bacalhau demolhado
100g Delícias do mar congeladas
Pimento vermelho (usei apenas metade) congelado
Salsa fresca OU ultra-congelada
2 cebolas médias
4 ovos
350g Farinha T55
Sal e pimenta q.b. 
Preparação:
1. Colocar no copo a água com um fio de Azeite. Na Varoma, colocar o bacalhau demolhado.
Cozer 25Min./Varoma/Vel.1
2. Retirar o bacalhau, rejeitar espinhas e peles.
Retirar e reservar 350ml da água da cozedura.
Colocar no copo as lascas do bacalhau e desfiar.
8Seg./Inversa/Vel.5
Retirar e reservar.
3. Colocar no copo as delícias do mar e o pimento vermelho que devem ainda estar congelados.
Triturar 7Seg./Inversa/Vel.5
Retirar e reservar.
4. Colocar no copo a cebola e a salsa fresca. 5Seg./Vel.5
Retirar e reservar.

5. Deitar no copo os ovos, 350ml da água reservada, o sal.
Programar 20seg./Vel.3





6. Adicionar a farinha e a salsa.
Envolver 10Seg./Vel.5


7. Adicionar o bacalhau, a cebola e as delícias do mar, reservadas. 8Seg./Vel.3


8.  Retirar o preparado do copo para um Tupperware, para assim ser mais fácil fazer as pataniscas.
9. Aquecer um fundo de óleo ou azeite numa frigideira.
Com a ajuda de 2 colheres de sopa, formar pequenas bolas e fritar de ambos os lados.
A Bimby TM5 sempre em segurança com o suporte Pixie estava a fazer...Arroz de Tomate


10. Retirar  e colocar sobre papel absorvente para retirar o excesso de óleo ou azeite.


11. Servi com o Arroz de Tomate e uma salada de Rúcula e Amêndoas com Molho de Vinagrete Balsâmico Florette 











segunda-feira, 25 de abril de 2016

Papas de Aveia e Banana...

O pequeno-almoço é uma refeição muito importante e que, frequentemente, é negligenciada por muitos. Não por mim!
Nunca saio de casa sem o meu pequeno almoço, é impensável para mim!
Após várias horas em jejum, o organismo agradece que a primeira refeição do dia seja simples de digerir, nutritiva, energética e quentinha.
Pequenos-almoços à base de fruta, batidos, iogurtes e sumos são uma boa escolha para os dias quentes, no entanto não são tão recomendados para os dias frios. E estes dias teimam em não nos deixar, se bem que hoje o solinho deu o ar de sua graça. Gosto tanto da Primavera!
Assim, o organismo sente a descida da temperatura exterior e, pede alimentos que ajudem a aquecê-lo. Logo, a minha sugestão de hoje recai numa refeição matinal que é quentinha e reconfortante.
Um bom exemplo de um pequeno-almoço destes são as famosas papas de aveia. Amadas por uns e odiadas por tantos outros.
Tanto quanto eu sei, a receita tradicional é muito aborrecida e faz muita gente torcer o nariz só de pensar nelas.
No entanto, podemos dar-lhe um toque de magia e transformar estas papas de aveia ficarem absolutamente deliciosas. Para além do sabor maravilhoso, estas papas são muito nutritivas, fáceis de preparar e perfeitas para começar o dia cheia de energia.
São muito versáteis e podem adaptar aos ingredientes que têm em vossas casas. ;)


Ingredientes:
600ml de leite magro ou outro a gosto (leite de aveia, amêndoa, arroz...)
200g flocos de aveia
40g coco ralado
2 bananas
15g de Amêndoas
1 pitada de gengibre
1 pitada de canela em pó
Queijo Quark q.b
Pólen de Flores Silvestres
Não coloco qualquer tipo de açúcar, mas podem fazê-lo.
Preparação:
1. No copo deitar o leite, os flocos, o coco, as bananas, as amêndoas, o gengibre e a canela.
Programar 30Seg./Vel.7





2. De seguida, programar 10Min./90º/Vel. 2
Servir de imediato, adicionar Queijo Quark e Pólen.


Decorar a gosto e bom apetite! ;)





domingo, 24 de abril de 2016

Pão de Beterraba e Sementes...

A minha cor preferida é...cor de rosa!
E para a minha festa de aniversário o rosa predominou também à mesa. :D
Quem me conhece sabe que esta é a cor que mais me encanta e em tom de brincadeira...fiz um pão cor de rosa. Para combinar comigo!
A cor deste meu pão foi um pormenor pensado e não foi muito difícil chegar à cor que eu pretendia. Não usei corantes, é claro que não! Usei a Beterraba que lhe dá um sabor diferente, mas saboroso.
O Pão caseiro é, sem dúvida alguma, o melhor que se pode comer, seja ele qual for não é?
São só vantagens!
Muitas vezes dizem-me que não têm tempo para fazer pão...e eu digo que sim que todos temos tempo. Afinal, se for feito na Bimby bastam cerca de 10Min. (isto para organizar os ingredientes, fazer a massa e trabalha-la). Não estou a contabilizar o tempo da levedação, nem da cozedura que é mais uma horita, mas durante este procedimento podemos fazer outras tarefas. Costumo fazer antes da confeção do jantar ou então logo pela manhã, confesso que a segunda opção é a que mais faço cá em casa.
Ao fazermos o nosso próprio pão, sabemos quais os ingredientes que o constituem, além de ser mais saudável, nutritivo, é mais económico.
Sim, económico! Poupamos nas idas à padaria, ganhamos em sabor, qualidade e diversidade.
Isto é poupar!
Não troco o meu pão caseiro, seja ele qual for e faço imensos, por nenhum outro!
Digam lá: Ficou bonito?
Adorei e foi um sucesso!


Ingredientes:
220g beterraba cozida (se a cozerem em casa, guardem a água da cozedura para o pão)
250g farinha de Arroz (pulverizei)
320g farinha Integral
300ml água (podem usar a da cozedura da beterraba)
11g Fermipan OU 25g fermento fresco de padeiro
20g azeite
1c. sopa de Vinagre branco ou de Sidra (vai ajudar a fixar a cor)
1c. chá de açúcar
1c. chá de Flor de Sal Salinas CORREDOR DO SOL
15g de sementes de Girassol OU outras a gosto
Preparação:
1. No copo da Bimby colocar a água, o fermento, o sal, o açúcar.
Programar 2Min./37º/Vel.2
2. Adicionar a beterraba cozida e triturar 7Seg./Vel.5


3. Adicionar as farinhas, o vinagre e as sementes. 2Min./Espiga


4. Retirar a massa do copo e moldar a massa na forma desejada.



5. Usei para a cozedura o pote de barro, mas podem usar a forma que desejarem.



6. Tapar com um pano e deixar levedar até que dobre de tamanho.
Se estiverem com pressa, não precisam deixar levedar. Basta colocarem o pão dentro do forno a temperatura 0º e programar 200º, enquanto aquece ele vai levedando.
Eu deixo levedar fora do forno e levo a cozer depois de levedado. Noto que desta forma, o pão fica mais fofo.


7. Levar ao forno a 200º/ 30Min. ou até estar cozido.


8. Pormenor do interior, lindoooooo!





 


sábado, 23 de abril de 2016

Bolachas de Aveia...

E quando no final do almoço, o César pede o seu cafézinho e quer um miminho para acompanhar e eu não tenho para lhe oferecer?
Aproveito o forno ainda quente e num minutinho preparo umas bolachinhas sem açúcares, nem farinhas refinadas adicionadas e apenas precisei de 3 ingredientes. Ahhhh pois é...15Minutinhos foi o tempo suficiente para que do forno saísse o miminho. ;)


Ingredientes:
3 bananas
150g flocos de Aveia
50g coco ralado
Preparação:
1. Num Tupperware colocar as bananas partidas ao meio e com um garfo esmagar grosseiramente.
2. Adicionar o coco ralado e os flocos. Envolver bem até obter uma massa homogénea.
3. Fazer com as mãos pequenas bolinhas e colocar no tabuleiro que irá ao forno.
4. Achatar as bolinhas, dando assim a forma de bolachinhas.


5. Levar ao forno a 180º cerca de 15 Minutos ou até estarem douradinhas.


Ficaram gostosas e crocantes! ;)
Tão fáceis de fazer e excelentes para um snack...

Pandoro Proteico...

Todas as datas são especiais e depois do meu aniversário no dia 16 Abril, comemorei logo no dia seguinte no dia 17, 17 anos de casamento.
Claro que celebrar este dia é sempre muito especial, pois prova o tamanho do nosso amor, dedicação, carinho para com a pessoa a quem unimos a nossa vida.
Para celebrar esta data, houve bolinho, claro...mas se no dia anterior foi feito o meu bolo preferido , neste dia fiz um dos bolos preferidos do César.
A receita foi inventada por ele, a qual está no cadernito dele de receitas.
Sem ele saber fui lá buscar esta receitinha...não é um bolo muito doce, isto porque...não leva açúcar! Também não usei farinhas refinadas...
Vamos à receita?


Ingredientes:
Para o bolo:
3 bananas maduras
75g Impact Whey Protein MYPROTEIN
4 ovos
150g farinha de Aveia (pulverizei flocos)
150g farinha de Arroz (pulverizei arroz)
50g coco ralado
1c. sobremesa de fermento para bolos
Para decoração:
Cobertura de Chocolate:
2c. sopa de Impact Whey chocolate MYPROTEIN
100ml Leite magro morno

Morangos frescos
Pólen e Coco ralado para polvilhar
Preparação:
1. No copo da Bimby, colocar os ovos, as bananas. 10Seg./Vel.4
2. Adicionar todos os restantes ingredientes e misturar. 20Seg./Vel.3


3. Na forma Pandoro da Metalúrgica Bakeware Production, S.A. depois de untada com manteiga e polvilhada com farinha, verter o preparado do bolo.


4. Levar ao forno pré-aquecido a 180º/40-45Min.
Façam o teste do palito!


5. Desenformar após 10Min. da saída do forno.


 
6. Numa tigela, deitar Whey de chocolate e adicionar leite morno aos poucos.
Misturar até formar um creme fofo.
É tão bom!!!
Verter no topo do Pandoro e decorar a gosto.





terça-feira, 19 de abril de 2016

A ternurinha dos 40...chegou!

A parte mais engraçada para mim ao fazer 40 anos é que parece que essa idade ainda não me pertence...isto porque há uns anos atrás parecia uma idade tão inatingível, uma coisa assim que iria demorar ainda muito tempo a chegar, a verdade é que já cá estão e nem me apercebi como pode ter passado tão rápido?
Nos últimos dias, antes do grande dia 16 pensei muitas vezes: Será que eu não me importo realmente com a chegada dos 40? Será que fazer 40 anos vai ser assim um marco tãoooo importante como muitas amigas me dizem que é? Algumas entram mesmo em paranoia e agora que já tenho 40 anos, não percebo porque é que elas agem dessa forma! Continuo a não perceber, porque me sinto lindamente, tenho até um certo orgulho em dizer que tenho 40 anos, porque na verdade...sinto-me ainda tão jovem. 
Tentei investigar dentro de mim acerca do que é ter 40 anos, mas sinceramente não consegui chegar a muitas conclusões. 
Sei que estou bem e sinto-me, de facto muito bem!
Estou viva, tenho a minha família, as minhas filhas, o meu marido, tenho saúde, tenho os meus pais vivos, irmã e sobrinhas maravilhosas, isto é uma bênção.
Com 20 anos estas coisas não parecem ser tão importantes, mas com 40, ficamos extremamente felizes por termos a família a nosso lado e com saúde e sim, para mim é o mais importante. 
Sei também  que, por outro lado, não há tempo a perder. Porque se antes achava que o tempo nunca mais ia passar, hoje, com 40, sei que o tempo passa.
A vida é agora. É ser feliz, então é preciso libertar-nos de todas aquelas algemas, de todas aquelas certezas certíssimas, das pequeninices, das hipocrisias, de todos os sentimentos que nos podem derrubar, das pessoas negativas e tóxicas que muitas vezes nos querem prejudicar. Há muito que já faço essa limpeza na minha vida e só quem eu quero permanece na minha vida. A idade permite-nos estas coisas. ;)
Para os meus 40 anos desejo que eu me lembre todos os dias de que o tempo passa. E com isso em mente, eu me lembre de ser feliz todos os dias. Que a idade não me intimide, que eu não tenha medo da velhice e que aprecie o essencial na vida, que a gratidão de estar viva e de ter tudo o que eu tenho inunde o meu pequeno, mas enormeeee coração e que eu seja feliz quer tenha 40, 50 ou 100.
Sim quero lá chegar, aos 100 e vou lutar por isso! ;)
E depois há a festa e o bolo...o meu bolo preferido!
O de sempre, porque é este o que considero ser o meu bolo: Pão de Ló com Recheio de Ovos Moles e Chila, este ano com massa folhada para ajudar à festa e um Butercream delicioso.
As Framboesas deram um toque bem especial.
No final, fiquei super orgulhosa...lindo o meu bolinho!
 


Ingredientes:
Para dois bolos Pão-de-Ló:
5 ovos + 5 ovos
200g de açúcar + 200g açúcar
250g farinha T55 + 250g farinha T55
1c. chá fermento para bolos + 1c. chá fermento para bolos

Recheio:
Ovos Moles , os quais devem fazer no dia anterior e reservar no frigorífico para estarem bem solidificados.
Doce de Chila, faço sempre o meu umas semanas antes.
1 base de massa folhada redonda, a qual devem recortar pela medida da forma do bolo.
Picar com um garfo toda a superfície e levar ao forno a 180º, de modo a que a placa de massa folhada, aumente o seu volume e folheie mais.  
Quando tiverem passado 12-15Min. aumentar a temperatura para 220º para dourar.
Reservar.

Cobertura:
250g manteiga à temperatura ambiente
300g açúcar em pó
1c. chá de aroma de baunilha
1c. café de Corante rosa (opcional)

Framboesas frescas para decorar

Forma redonda 24cm

Preparação:
Bolos:
1. No copo da Bimby colocar 5 ovos, 200g de açúcar.
Inserir a borboleta e programar 6Min./37º/Vel.3
2. Adicionar a farinha e o fermento pelo bucal. Programar 20Seg./Vel.3
3. Untar a forma com manteiga e polvilhar com farinha.
4. Levar ao forno pré-aquecido durante 30Min.
5. Passados os 20Min. da cozedura, preparar o 2º bolo, para quando retirarem o primeiro, inserirem a forma com o preparado do segundo bolo.
6. O bolo só deve ser desenformado após 15-20Min. depois de ter saído do forno.

Cobertura de Buttercream:
1. No copo colocar 150g de açúcar. Programar 20Seg./Vel.9
Retirar e reservar.
2. Repetir para os restantes 150g. Reservar
3. Num recipiente largo, deitar a manteiga e com a batedeira bater alguns segundos para que a manteiga se transforme num creme fofo.
Com uma colher adicionar aos poucos o açúcar em pó e envolver.
Adicionar a meio a baunilha.
Depois do açúcar todo envolvido, deixar bater mais 3Min.
4. Como eu pretendia que uma parte do creme fosse cor de rosa, retirei um pedaço de Buttercream e reservei. Na outra parte, adicionei o corante rosa e envolvi com uma espátula até adquirir a cor pretendida.

Recheio de Doce de Ovos Moles e Chila:
1. Numa taça colocar os Ovos Moles e adicionar uma dose generosa de Doce de Chila.
Envolver bem para que fique uma mistura homogénea.
Reservar.

Montagem do Bolo:
1. Num prato, barrar o fundo com um pouco de Buttercream e colocar um dos bolos em cima deste.


2. Barrar a superfície do bolo com metade do recheio.
3. Colocar a base de massa folhada.



4. Barrar a massa folhada com a restante metade do recheio.



5. Colocar o 2º bolo em cima do recheio, sem pressionar.
Como podem ver na foto o doce de ovos escorreu apenas aquele bocadinho, mas o Buttercream é milagroso, tapa todas as imperfeições!


6. Com a ajuda de uma espátula, barrar as laterais do bolo com o Butercream cor de rosa, em movimentos de baixo para cima, a toda a volta.


7. O topo do bolo deverá ser o último a ser barrado, portanto depois de as laterais do bolo estarem barradas, deitar o Buttercream ao centro e com uma colher de sobremesa espalhar em movimentos circulares até chegar ao limite deste.
Não ceder à tentação, para não dar umas lambidelas :D Não cedi!


Fiz, na noite anterior.
Reservei o bolo no frigorífico e só acabei a decoração na manhã seguinte.
Estava fofo e delicioso.
Bonito, maravilhoso e perfeito para celebrar os meus 40!


Decorar com as Framboesas frescas ou outra fruta a gosto.




O brinde foi feito com Espumante Terras do Demo: Olho de Perdiz, o meu preferido!