Blogue Patrocinado Por

Blogue Patrocinado Por

segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Pudim Boca Doce…

É Boca Doce, é bom, é bom é…Gosta o avô e gosta o bebéeee!
Ai quem é que não se lembra destas palavras transformadas em música e cantarolada por todos…
Recuamos à infância num instantinho, verdade?
Não deve haver ninguém que nunca tenha provado ou será que há?
A minha mãe tem sempre estes pudins em casa e sempre que a minha mana vem passar o fim de semana, o Boca Doce lá está como sobremesa.
Ela gosta de chocolate, o meu pai de morango e eu de caramelo.
No aniversário da minha mãe, coube-me a mim fazer a(s) sobremesa(s) e em tom de brincadeira fiz: Boca Doce! Oh pá, riram-se tanto quando fui buscar ao frigorífico :D
Sabem quando estão à espera de algo novo, são eles as minhas cobaias e de repente…Boca Doce!
Se a minha mãe adora fazer, então tive que lhe fazer também.
Com a Bimby tenho a vida muito facilitada, claro! Não é preciso estar ali agarrada ao fogão, a mexer com a colher de pau, a levantar e a baixar o lume e claro com receio de pegar sempre um bocadinho no fundo do tacho! Pois bem, tudo isto é passado! Ai Bimby, Bimby como eu te adoro! :D
Não os desiludi, até porque, claro que havia outros docinhos…mas este docinho foi um momento especial ;)
2015-08-06 17.09.43
Ingredientes:
3 pudins Boca Doce de sabores à escolha (usei de morango, chocolate e caramelo)
3x 50g açúcar
3x500g de leite
Preparação:
1. Seleccionar os sabores dos pudins que vamos usar.
2015-08-06 16.02.10
2. No copo colocar o conteúdo de uma saqueta de pudim, iniciei com o de chocolate, adicionar o açúcar e 500g de leite.
Programar 12Min./100º/Vel. 2 e ½.
2015-08-06 16.06.15 2015-08-06 16.19.24
3. Verter o pudim para taças individuais, colocar no frigorífico para arrefecer mais rápido.
4. Repetir o processo para o segundo pudim, escolhi o de morango.
2015-08-06 16.24.17
5. Para verter o segundo pudim em cima do primeiro, devem usar uma colher de sobremesa e em cima desta verter o segundo pudim, de modo a que o pudim caia em cima do primeiro, mas não fure a crosta já formada por este.
2015-08-06 16.44.57 2015-08-06 16.49.03
6. Voltar a colocar no frigorífico para arrefecer e repetir o procedimento para o último pudim.
2015-08-06 16.53.17
7. Usar novamente a colher de sobremesa, é importante não esquecer, para que as camadas não se misturem.
2015-08-06 17.09.43
8. No final, colocar no frigorífico até ao momento de servir.
Sugestão: Podem polvilhar com um pouco de bolacha Maria triturada.

sábado, 29 de agosto de 2015

Borner Germany, parceria…

Uma excelente forma de acabar uma semana e celebrar com o anúncio de mais uma nova parceria!

Borner_zps3e382c56.jpg~original

A Borner Iberica é um agente exclusivo para Portugal da marca Borner, marca alemã que existe desde 1956 e está no nosso país desde 1989, e agente autorizado para Espanha.
Esta é uma empresa  prestigiada na gama de cortadores de legumes a nível mundial, com qualidade e segurança graças à sua ergonomia, escreve desde então uma história de verdadeiro sucesso.

Com a Mandolina Borner V3, a minha vida na cozinha vai ficar ainda mais facilitada e em plena harmonia com a minha Bimby.

2015-08-29 09.29.01

Quantas vezes, por falta de tempo, compramos os vegetais pré-cortados ou pré-cozinhados em detrimento da qualidade nutricional e da nossa carteira?
Com os cortadores Borner, todos os cortes se fazem em segundos e com absoluta precisão.
Assim, poupamos tempo, dinheiro e o mais importante: comemos melhor e temos uma maior qualidade nos alimentos que escolhemos.

2015-08-29 09.29.30

Sempre em constante evolução, a gama de produtos Borner tem vindo a aumentar e tem à disposição uma loja on-line com uma maior variedade de produtos, para a qual vos convido a visitar: http://borner.pt/

Serviço de excelência e profissionalismo impera na Borner, as vossas encomendas serão tratadas em 24 horas, podem receber os vossos produtos de forma segura e cómoda na tranquilidade do vosso lar. 

Com a Borner, simplifica-se a  vida...

418339_295621810487817_1869344828_n

Características Mandolina V3:

Concebido e desenhado para durar. As lâminas em aço inox cortam incansavelmente todos os vegetais durante longos anos.

O V3 é composto por uma base de corte com laminas em V um empurrador de segurança e três placas de cortes:

1-Placa de rodelas finas e grossas.

A única do conjunto que pode ser utilizada dos dois lados, os riscos na placa permitam identificar com facilidade a grossura do corte.

Algumas sugestões:

Do lado fino: caldo verde, rodelas de batata para fritar (pala pala), rodelas finas de cebola para o bacalhau a Braz, lamelas de couve roxa para a salada, lamelas de couve lombarda para a juliana, etc.

Do lado grosso: rodelas de batata para a caldeirada, rodelas de maçã para a tarte, rodelas de tomate para a salada etc.

2- Placa de 7 mm  para palitos e picados grossos.

Algumas sugestões:

Palitos de 7 mm de batata, de pepino, de cenoura, de maçã, etc.

Cubos grossos para a jardineira, a salada russa, a sangria, o gaspacho, a salada montanheira, batata, maçã, pepino, tomate, etc. Picar a cebola grossa para a salada de polvo torna-se um prazer, tudo se faz em segundos, com facilidade e sempre na perfeição.

12 Facas calibradas a trabalhar em conjunto

3- Placa de 3.5 mm para palitos e picados finos.

Algumas sugestões:

Palitos de 3.5 mm de batata para o bacalhau a Braz (batata palha), palitos de cenoura para o arroz de cenoura, palitos de pepinos para as saladas, etc.

Picar a cebola para o refogado, cortar a couve para os molhos, etc.

24 Facas calibradas a trabalhar em conjunto.

Lavagem com agua fria ou morna. NÃO COLOCAR NA MAQUINA DE LAVAR A LOIÇA

Todas as lâminas Borner, tem garantia vitalícia contra a oxidação.

 

Para mais informações:

Borner Iberica, LDA - Cortador de Legumes
Maria Pereira
Rua Andrade Corvo 11, r/ch
1050-007 Lisboa

Telemóvel: 918 703 410
E-mail: info@borner.pt OU spborner@gmail.com

Um especial agradecimento a Maria Pereira, pela gentileza, profissionalismo e envio do meu cortador de legumes V3, cuja cor me foi possível escolher ;)

O meu Muito Obrigada!

 

quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Gelado de Banana e Maçã…

É tão simples que até surpreende!
A receita do melhor gelado caseiro do mundo é feita com os ingredientes mais básicos que se possam imaginar: apenas fruta, açúcar (pouco ou nenhum, até!) e claras de ovo. Surpreender a família e amigos com um ultra delicioso gelado… feito em casa é sempre a melhor opção!
E quando o faço poucos minutos antes de o servir, mesmo na presença dos convidados…eles deliram :D
Quem tem a Bimby sabe exactamente do que falo e depois seguem-se os comentários da praxe: “Hummm que bom, que cremoso e é feito tão depressa! Poupas imenso, quero mais!” E…por aí adiante…

Mas ainda há outras vantagens: o facto de aproveitarmos a fruta já mais madura, comprar fruta em promoção e congelar, aproveitar sempre a fruta da época… e ir à Cooperativa cá da terra e comprar 12Kg da melhor maçã do país por apenas 3€, adoro!

O  melhor gelado caseiro do mundo? Pode estar nas vossas casas ;)

2015-08-20 13.15.09

Ingredientes:

50gr de açúcar OU nenhum
300gr de maçã congelada sem casca e em cubos
300gr banana congelada e partida em rodelas
2 claras de ovo
Canela em pó para polvilhar

Preparação:

1. Colocar no copo o açúcar e pulverizar 15Seg./Vel.9

2015-08-20 13.00.02


2. Adicionar as maçãs e as bananas congeladas e programar 30Seg./Vel.5

2015-08-20 13.00.32 2015-08-20 13.01.28

3. Colocar a borboleta, as claras de ovo e programar 6Min./Vel. 3 1/2

2015-08-20 13.10.31

4. Servir de imediato, polvilhar com canela em pó.

2015-08-20 13.14.16

Nota: Se sobrar algum gelado, colocar num Tupperware e levar ao congelador.

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Passatempo: 3 prémios, 3 vencedores…

Em parceria com a Aroma Alentejo, serão oferecidos 3 produtos da marca.
Para se habilitarem a eles deverão obrigatoriamente:
1. Fazer GOSTO em ambas as páginas no Facebook:
Bimbyces da Cristina (https://www.facebook.com/bimbycesdacristina)
e Aroma Alentejo (https://www.facebook.com/AromaAlentejo);

2. Partilhar em modo PÚBLICO a publicação (https://www.facebook.com/bimbycesdacristina/photos/a.408308449303799.1073741828.406572722810705/675321575935817/?type=1&theater), na qual e em forma de comentário, deverão identificar 3 amigos;

3. Só é permitida UMA única participação por pessoa.

Este passatempo terminará a 31 de Agosto e os vencedores serão anunciados após a verificação de todos os itens obrigatórios.
Desejo a todos os que participarem BOA SORTE!

11894709_10204636862987975_1347809599_o

terça-feira, 25 de agosto de 2015

Pudim de Iogurte…

Gosto muito de pudins, sejam eles de ovos, de leite condensado ou normal, com gelatinas ou de iogurte, o importante mesmo é que sejam deliciosos e fresquinhos!
Sabe sempre bem, depois de uma refeição comer um docinho. O problema é que muitos deles são tão doces que acabam por enjoar. Não é o caso deste!
Apesar de ter leite condensado, o seu sabor acaba quase por ficar anulado com a adição dos iogurtes naturais, mas o que o torna realmente diferente e com um gostinho especial é o uso do caramelo líquido caseiro (http://cristinatbernardo.blogspot.pt/2015/08/caramelo-liquido.html).
Aquele sabor a mel, fez toda a diferença!

O método de cozedura usado foi…a vapor! ;)
E a forma que usei foi a minha nova forma Bimby que a minha querida amiga e agente Mª José me ofereceu.
Obrigada, amiga!
Com esta, posso cozinhar a vapor de forma adequada e sem estar preocupada em colocar na sua base garfinhos ou colheres para a elevar, de modo a que o vapor saia da forma correcta.
Como podem verificar pelas fotos a “chaminé” desta é aberta, adorei!

2015-08-17 20.36.28 

Ingredientes:

1 lata de leite condensado, usei caseiro http://cristinatbernardo.blogspot.pt/2015/01/leite-condensado-caseiro.html
a mesma medida de leite (300g)
a mesma medida de iogurte natural (300g) http://cristinatbernardo.blogspot.pt/2015/07/iogurte-natural.html
3 ovos médios (150g)
Caramelo liquido, para a forma Receita: http://cristinatbernardo.blogspot.pt/2015/08/caramelo-liquido.html
1.200ml água para a cozedura

Preparação:

1. Juntam-se todos os ingredientes. 30Seg./Vel.4

2015-08-15 08.57.46 2015-08-15 08.59.40
2015-08-15 09.01.46 2015-08-15 09.03.10

A minha nova forma Bimby ;)

2015-08-04 17.31.03

2. Na forma para pudim caramelizada, verter o preparado.

2015-08-15 09.43.31 2015-08-15 09.44.51

3. No copo da Bimby colocar 1.200ml de água. Programar 50Min./Varoma/Vel.2
4. Tapar a forma com folha de alumínio e recortar ao centro para deixar o buraco desta aberto.
Colocar a forma na Varoma, tapar e deixar cozer.

2015-08-15 09.46.15 2015-08-15 09.47.00

5. No final, remover a Varoma, retirar a folha de alumínio e deixar arrefecer a temperatura ambiente.
Depois de frio, colocar no frigorífico.
Desenformar e servir fresco.

2015-08-17 20.35.50

 

segunda-feira, 24 de agosto de 2015

Caramelo líquido…

E julgava eu que tinha na minha despensa um frasquinho de caramelo líquido, mas não tinha!
Poderia fazer no fogão, mas dava mais trabalho! Ora, tendo eu os 3 ingredientes necessários, testei mais uma receita que tinha guardadinha. ;)
Não é igual ao de compra, confesso que nem aprecio muito esse, mas gostei e fiquei surpreendida com o resultado.
Fica com uma cor, mais bonita, de tons dourados. Claro que este aspecto tem em tudo a ver com o mel que se utiliza.
Gostei, especialmente, do sabor do mel e da consistência deste, assim que sai do copo da Bimby.
Usei de imediato, para fazer o quê?
Isso só saberão na próxima publicação, mas não é difícil de adivinhar, pois não? ;)

2015-08-15 09.43.31
 
Ingredientes:
100g de açúcar amarelo
25g de Mel, usei do Gerês, bem escuro
50ml de água
Preparação:
1. No copo da Bimby colocar o açúcar amarelo e o mel. 6Min./37º/Vel.1.
2015-08-15 09.14.09 2015-08-15 09.22.18
2. Adicionar a água. 8Min./Varoma/Vel.2, sem o copo medida.
2015-08-15 09.23.32  2015-08-15 09.32.40
3. Podem deitar o preparado num frasco de vidro e guardar à temperatura ambiente ou usar de imediato, vertendo-o na forma que vão usar.
Adorei a cor! Não volto a comprar ;)
2015-08-15 09.43.18  
NOTA: Não se deve guardar no frigorífico, mas sempre à temperatura ambiente, pois poderá solidificar.
Se acontecer, devem colocar o frasco de vidro e aquecer em banho Maria, de modo a voltar ao estado normal.

domingo, 23 de agosto de 2015

Organo Gold…

Bringing The Treasures of The Earth To the People of The World…do Canadá para mim! ;)

og_logo_finalize-usa

 

Estaria eu longe de imaginar que algum dia iria no meu Portugal, provar um chá acabadinho de chegar do Canadá!

Foi através do Instagram que conheci a Cindy Maharaj e sendo seguidoras mútuas rapidamente entramos em contacto uma com a outra.

Através dela, foi-me dada a possibilidade de conhecer os produtos Organo Gold, os quais são de extrema qualidade e que me conquistaram logo pela sua imagem.

E nem de propósito, em pleno Verão somos brindados com uns dias que mais parecem de Outono, tempo ideal para beber um chá.

Chega a minha casa um Small Packet do Canadá com alguns exemplares do café e chá Organo Gold.

2015-08-23 09.34.09  

Eu e as fotos! Gosto de vos mostrar tudo!

Abri e tive esta surpresa… Chá, café e uma pequena brochura com os produtos da marca.

2015-08-22 12.13.47

Claro que, chegada a hora do lanche, aproveitei para experimentar o Red Tea e  tinha para acompanhar uma deliciosa fatia da minha Tarte de Maçã (http://cristinatbernardo.blogspot.pt/2014/02/tarte-de-maca.html), nem de propósito!

Tempo fresco e chuvoso, chá quente (sempre sem açúcar para apreciar melhor o sabor) e a minha fatia de tarte…Perfeito!

2015-08-22 16.39.56

 

Gostei muito do sabor…e quem é que não gosta de apreciar um chá? Seja para tratamento de doenças ou para aproveitar o sabor peculiar das ervas, esta é uma arte que requer muita sensibilidade por parte de quem o degusta. Para muitos, o chá é apenas uma bebida com sabor fraco e sem graça, mas quando se sabe preparar e apreciar o chá de forma  correcta é uma sensação completamente diferente.

Então como preparar um chá para obter dele um momento de puro prazer?

A melhor forma de preparar um bom chá é por meio de infusão, pois assim confere à bebida seu verdadeiro sabor.

O uso de saquetas é mais prático, ideal para os dias modernos em que ninguém tem tempo suficiente para se dedicar à sua preparação. 

A preparação de chá é como um ritual, por assim dizer, mas para quem gosta desta arte. Sim, até para preparar um simples chá é preciso ter arte!

Para mim é como um momento construído para que seja de puro relaxamento, para apreciar, para viajar.

Apesar de a tendência ser de apreciarmos somente os sabores doces, aqui vai uma regra essencial para apreciar correctamente o chá: nunca o adocem, nem com açúcar nem com adoçante, pois isso irá mascarar o verdadeiro sabor deste.

Consumir quente, pois através do seu calor é que fica condensado o verdadeiro sabor que, posteriormente, ficará na boca por algum tempo.

Falar de chá é lembrar memórias, é falar de amizade, quem é que nunca tomou um chá na companhia de grandes amigas?

Uma boa conversa, com biscoitos e bolinhos é elegante e intimista.

Um convite para um chá é saudável e une as pessoas em redor de uma mesa. Seja num ambiente fechado ou ao ar livre o chá presenteia-nos com um ambiente calmo.

Tomar um chá é, também, um momento único que pode até ser um momento solitário…não deixando de ser perfeito!

É mais durante o tempo frio que tenho como hábito o tomar chá e é sem dúvida alguma um momento de tranquilidade.

É-me difícil sugerir especificamente quais os melhores chás, pois gosto de tantos e para além disso cada organismo tem diferentes formas de exprimir a sua satisfação.

Existem aromas que jamais nos deixam esquecer daquele sabor… daquele momento! E o aroma que se espalha por toda a casa ao prepará-lo? Ai adoro!

Somos nós, quem iremos definir e atribuir o nosso gosto pessoal à medida que nos lançamos nesta “aventura”, sim! Beber um chá é uma aventura, encaro-o assim, pois cada um deles proporcionará diferentes sensações. E a melhor maneira de o fazer é ... experimentar!

Se quiserem experimentar os Organo Gold podem fazê-lo através deste endereço: Laviercafe.organogold.com

2015-08-22 16.53.45

Para além dos chás também têm uma gama de cafés, mas esses ficam para outra ocasião ;)

544073_337861273017180_1709905689_n

Obrigada, Cindy pelo gesto, empenho e profissionalismo demonstrado no envio destes produtos! ;)

Thank you, Cindy!

Marcas Technorati: ,,

sábado, 22 de agosto de 2015

Aviso/Alerta a todos os blogues de receitas de culinária…

Hoje a receita não é doce!
Fui informada por uma seguidora que se deparou numa pesquisa com publicações do meu blogue e de outros conhecidos com a cópia integral de receitas e imagens associadas.
Ao receber a notícia tive uma surpresa desagradável, pois verifiquei que um blogue tem publicadas receitas minhas, fotos minhas e de outras dezenas de bloggers de culinária sem a minha autorização.
Verifiquem se há publicações vossas e aconselho a que bloqueiem o copiar do vosso blogue.
Infelizmente, ainda não o tinha feito!
Deixo o link do blogue:

https://saborespt.wordpress.com/

De facto, existe gente para tudo!!!

Sr./Sra copiador/a do meu blogue o que é que ganha com isso?

Caldo Verde light…

O caldo verde é uma sopa de couve-galega, típica da Região do Norte de Portugal continental, mas muito divulgada e com impacto por todo o nosso país. 
Considerada uma sopa medianamente espessa e de cor predominantemente verde devido em parte aos ingredientes que dela fazem parte: as batatas que lhe dão alguma espessura e a couve que é cortada às tiras bastante finas.
Sabiam que foi nomeada uma das 7 Maravilhas da Gastronomia de Portugal? Pois, é verdade!

Devido à sua simplicidade e leveza, pode comer-se no início de uma refeição principal ou numa ceia tardia.
Para uma degustação genuína, o caldo verde serve-se sempre em tigelas ou malgas de barro, acompanhadas de broa de milho,(http://cristinatbernardo.blogspot.pt/2015/08/broa-de-milho.html) e junta-se, no caldo, algumas rodelas de salpicão ou de chouriço o que o tornam ainda mais delicioso. Segundo a receita original, deve ser sempre acompanhado por bom vinho verde tinto, também servido em malgas, que é um tipo de vinho altamente compatível com esta especialidade gastronómica.

E quando num destes dias a minha cunhada Linda me envia uma linda couve-galega, fiz a minha versão, versão menos calórica, mas que em nada defrauda o sabor desta sopa.

2015-07-31 19.57.53

Ingredientes:

Courgette (enchi o copo)
200g Cebola
2 dentes de alho
600g água
Sal q.b.
300g couve-galega
50g azeite
Rodelas de chouriço q.b.

Preparação:

1. Lavar muito bem a couve.
Fazer um rolo com as folhas e com a ajuda de uma faca cortar em tiras o mais finas possível. Dei o meu melhor! :D
A minha avó fazia-o tão bem, a minha mãe também tem essa mestria, mas ainda não consegui cortar bem fininho como elas, mas hei-de lá chegar ;)

received_10204497495023863 

2. Colocar a couve na Varoma. Reservar.

2015-07-31 19.09.09

3. Retirar a casca e as sementes da Courgette. Lavar e partir em pequenos pedaços.
Colocar no copo, adicionando a esta, as cebolas, os alhos, a água e o sal.
Enchi bem o copo, mas antes de começar a fazer a sopa, dei alguns toques Turbo para reduzir a capacidade deste.

2015-07-31 19.03.26 2015-07-31 19.04.32

4. Colocar a Varoma. Programar 25Min./Varoma/Vel.1

2015-07-31 19.09.26

5. No final do tempo, verificar se a couve está bem cozida. Se não estiver, programar mais alguns minutos.
Retirar a varoma, colocar o copo medida e triturar 1Min./Vel. 3-5-7 progressivamente.
Deitar o azeite na sopa já triturada.

2015-07-31 19.46.41

6. Adicionar as couves já cozidas. Programar 2Min./100º/Vel.1
Rectificar o tempero do sal e se estiver muito espesso acrescentar água.

2015-07-31 19.47.30 2015-07-31 19.47.54

7. Servir, adicionando as rodelas de chouriço.
Acompanhado com broa e vinho verde é do melhor!

2015-07-31 19.57.33