Blogue Patrocinado Por

Blogue Patrocinado Por

sábado, 30 de maio de 2015

Chiffon de Chocolate…na Varoma!

Gosto muito de cozinhar a vapor e ultimamente tenho usado e abusado da minha Varoma.
Desta vez, não foi usada para cozinhar legumes a vapor, mas para fazer um bolo de chocolate!
Fazer bolos a vapor (http://cristinatbernardo.blogspot.pt/2014/05/bolo-de-pera-cozido-vapor.html) ou até mesmo pão ( http://cristinatbernardo.blogspot.pt/2014/07/pao-brioche-cozido-vapor.html) não é uma novidade para mim… ;)

Baseei-me receita do Blog Troca receitas by Diana Nogueira, mas não a segui à risca, fiz umas pequenas alterações a meu gosto e foi aprovado cá em casa!

2015-05-27 20.54.46

Ingredientes:

6 ovos (usei apenas 4)
250gr de açúcar (usei apenas 180g)
100gr de óleo (usei um iogurte natural 120g)
100gr de agua morna
100gr de cacau (usei chocolate em pó)
300gr de farinha sem fermento + 2c. chá de fermento (usei 300gr de farinha com fermento)

1,100L de água para a cozedura

Preparação:

1. Inserir no copo a borboleta.
Deitar os ovos, o iogurte, o açúcar, a água e o cacau. Programar 6Min./37º/Vel.3.
De seguida, mais 3Min./Vel.3.

2015-05-27 12.18.14 2015-05-27 12.25.13
2. Juntar a farinha 15Seg./Vel.3.
Baixar a farinha que está nas paredes do copo e programar mais uns segundos:

2015-05-27 12.27.17
3. Colocar na Varoma 3 garfos de sobremesa, virados para baixo e em cruz.
Untar uma forma com manteiga e farinha. Deitar o preparado do bolo na forma e colocar esta dentro da Varoma.

 2015-05-27 12.35.16 2015-05-27 12.34.32

4. Lavar o copo e colocar 1L de água morna.

2015-05-27 12.33.28  5. Fechar o copo e programar 60Min./Varoma/ Vel.1
Com um pedaço de folha de alumínio tapar a forma e fazer furos em toda a volta da forma.

2015-05-27 12.36.02 2015-05-27 12.37.16
6. Tapar a Varoma e colocar mais folha de alumínio para a tapar.
Fazer uns cortes nesta para que o vapor libertado consiga sair.

2015-05-27 12.40.29

7. Depois do tempo terminar, remover o papel de alumínio com muito cuidado para não se queimarem.
Podem desenformar o bolo de imediato.

2015-05-27 13.35.59

8. O resultado de um bolo cozido a vapor é um bolo muito fofinho e esponjoso.

2015-05-27 20.56.03

domingo, 24 de maio de 2015

Carcacinhas…

Sabem o que eu realmente gosto?
De acordar de manhã, não importa a que horas, descer directamente para a cozinha e fazer o meu pão.
Ter ao pequeno almoço pão acabado de sair do forno é algo que…não tem preço!

Muitos gostam de acordar, ir apressados à padaria, comprar o pão, regressar a casa e comer. Mas que grande chatice!

Eu prefiro acordar, ir para a cozinha, em 5Minutos preparar a massa, deixar levedar enquanto vou fazer o que tenho a fazer (durante cerca de 20Min.), regressar à cozinha, o pão está levedado, cozer o pão, preparar a mesa do pequeno almoço e entretanto sai o pão do forno!
Barrar com manteiga e comer…sossegadamente e sem correrias. Ter um perfume a pão por toda a casa…Sim, vale cada minuto!

PhotoGrid_1432455516139

Ingredientes:

200g de água
100g de leite
20g de manteiga (opcional, não usei)
20g fermento de padeiro fresco (11g Fermipan)
1c. Chá de açúcar
500g de farinha T65 OU 530g farinha T55
1c. de café de sal

Preparação:

1. Colocar no copo da Bimby a água, o leite, a manteiga, o sal, o fermento e o açúcar. 2Min./37º/Vel.2.
2. Acrescentar a farinha. 3Min./Vel. Espiga.

2015-05-24 08.29.12

3. Retirar a massa do copo e formar um rolo.
Dividir em 7-8 partes iguais.
Formar bolas. Forrar um tabuleiro com papel vegetal e colocar as bolas.
Dar um golpe profundo ao centro com a ajuda de uma faca e deixar levedar até a massa dobrar de volume.
Levedei no forno a 50º cerca de 20Min.

2015-05-24 08.31.49 2015-05-24 08.32.30

2015-05-24 08.35.03

4. Aumentar a temperatura para 180º durante cerca de 15-20Min. ou até ficarem tostadinhos.
Eu prefiro o pão mais branquinho, mas adaptem a vosso gosto.
Podem colocar um recipiente com água no fundo do forno para que o pão fique mais crocante, eu não o fiz.

2015-05-24 09.14.12

5. Podem comer assim que sai do forno, foi exactamente o que eu fiz e sabe tão bem que é impossível comer só um!

Marcas Technorati: ,,,

sábado, 23 de maio de 2015

Molotoff…na Varoma!

Existem coisas surpreendentes e uma delas é a minha Bimby, todos os dias ela me surpreende!
Desta vez, foi um Molotoff cozido a vapor…SIM, estão a ler bem!
Cozido a vapor, na Varoma da minha Bimby!
Gosto de me aventurar cada vez mais no mundo da culinária, faço experiências por vezes sem saber de todo no que vai dali resultar.
O importante mesmo é arriscar, se sai bem… ótimo, se não sai… por vezes acontece e paciência na próxima sairá melhor!
Nunca desisto, isso é que não MESMO!
Mas, hoje foi mesmo à primeira e o resultado está à vista.
A repetir e muitas vezes, sem dúvida alguma!
Ahhh e este nem pedrinhas de sal, nem gotas de limão levou e elas subiram na perfeição ;)

2015-05-23 17.55.53

Ingredientes:
8 claras congeladas
100gr açúcar em pó
1L água
cubos de gelo
Preparação:
1. Seguir a minha receita que já está aqui no blog, se bem que me esqueci das gotas de limão e das pedrinhas de sal.
Pelos vistos, não fizeram falta nenhuma ;)
http://cristinatbernardo.blogspot.pt/2015/04/claras-congeladas-o-que-fazer.html
2. Enquanto as claras estavam na Bimby, fui untando a forma com manteiga e açúcar (podem untar com caramelo liquido) e preparei a Varoma da seguinte forma:
3 colheres de sobremesa viradas para baixo e em cruz, a forma em cima destas para que o vapor consiga sair para fazer a cozedura.

2015-05-23 17.30.33

3. Assim que o tempo terminou, coloquei as claras na forma.
Passei o copo por água e retirei todos os vestígios das claras.
Deitei 1L de água, programei 20Min./Varoma/Vel.3 e coloquei o copo medida.
4. Enquanto a água ia aquecendo, bati várias vezes com a forma na bancada para esta perder os buracos de ar.
Coloquei a forma em cima das colheres.

2015-05-23 17.31.03

5. Coloquei a tampa da Varoma por cima desta e forrei com folha de alumínio, tendo o cuidado de fazer uns cortes neste para que o vapor saísse.
Aos 12Min. a temperatura Varoma estava atingida, retirei o copo medida e coloquei a Varoma com o Molotoff.

2015-05-23 17.35.19
6. Qual não é o meu espanto quando passados cerca de 5Min. a tampa da Varoma começou a levantar :)
2015-05-23 17.39.40

7. Entretanto, coloquei na banca da loiça água e cubos de gelo.
Terminados os 12Min. retirei a forma da Varoma e já sem tampa, mergulhei de imediato a forma na água com o gelo cerca de 4-5Min.

2015-05-23 17.47.37 2015-05-23 17.48.07

8. Hora do mergulho!

2015-05-23 17.48.57

9. Quando senti que a forma já estava fria, desenformei “et voilá!”
Há coisas incríveis, não é?

2015-05-23 17.56.08

10. A cobertura vai ser Ovos Moles:
http://cristinatbernardo.blogspot.pt/2015/04/ovos-moles.html

Queijo Fresco…Magro!

Juntamente com o pão, o queijo é outra das receitas que começo a fazer mais vezes!
Tendo por base a mesma receita que já aqui publiquei (http://cristinatbernardo.blogspot.pt/2015/05/queijo-fresco-fresquinho.html) decidi, desta vez, alterar os dois tipos de leite que usei.
Optei por usar leite magro e leite em pó igualmente MAGRO ;) E não é que ficou perfeitinho?
Ter uma amiga Bimby em casa é sinónimo de experiências diárias, assim como de POUPANÇA!
Combino os ingredientes que eu quero e os resultados são sempre espantosos!
2015-05-23 08.02.13
Ingredientes:
1L leite magro
100g leite em pó magro
1 colher de café de Sal grosso (podem colocar uma c. de chá)
30 gotas de coalho líquido
2015-05-19 09.04.45
Preparação:
1. Colocar no copo o leite, o leite em pó e o sal e programar 5Min./37°/Vel.4.
Deitar 30 gotas de coalho líquido. Programar 30Seg./Vel.4
2015-05-19 09.06.13
2. Deixar repousar no copo da Bimby fechado 30Min. para ganhar consistência.
Passado este tempo, abrir o copo e com a ajuda de uma faca fazer uma quadrícula com 1cm de largura e chegar com a faca ao fundo do copo, para que o soro se solte melhor.
Deixar descansar mais 30Min. com o copo sempre fechado.
2015-05-19 10.07.54
3. Com a ajuda de uma colher de sopa, colocar delicadamente o queijo no cesto da Bimby.
De seguida, colocar o cesto sob um Tupperware com rede ou prato fundo para que o soro escorra e levar ao frigorífico.
4. Deixar repousar durante 2 DIAS no frigorífico.
Incrivelmente, passado apenas 1 DIA desenformei uma forminha mais pequena e está perfeito!
Libertou muito mais soro e mais rapidamente, fiquei fã!
2015-05-19 10.54.46
5. Depois de desenformado é esta a consistência ;)
2015-05-23 08.05.18
6. Acompanhei com uma fatia de pão e doce de abóbora, ambos feitos por mim, claro!
Doce de Abóbora (http://cristinatbernardo.blogspot.pt/2014/12/doce-de-abobora.html)
Pão Rústico (http://cristinatbernardo.blogspot.pt/2014/10/pao-rustico.html)
2015-05-01 16.55.48
Existem pequenos-almoços perfeitos e os da minha casa são, com toda a certeza ;)




sexta-feira, 22 de maio de 2015

Pastéis de Nata…

Os pastéis de nata são uma das mais populares especialidades da doçaria portuguesa. Embora se possam saborear pastéis de nata em muitos cafés e pastelarias, a antiga receita original e o seu método de confecção são um segredo exclusivo da Fábrica dos Pastéis de Belém, em Lisboa e está guardada a sete chaves.
Os mestres pasteleiros da Oficina do Segredo são os poucos detentores da receita, assinam um termo de responsabilidade e fazem um juramento em como se comprometem a não divulgar a receita.
O que é compreensível, mas que eu adoraria ter acesso…assim como muitos mais gulosos. ;)
Tradicionalmente, os pastéis de Belém comem-se ainda quentes, polvilhados de canela e açúcar em pó e nesta minha receita faço precisamente o mesmo!
Não ambiciono que sejam tal e qual os de Belém, porque isso é impossível, mas garanto que são muito bons.
Afinal, fui eu que os fiz! :D

Hoje, finalizei da melhor forma o nosso almoço, com um sabor maravilhoso e cheirinho a Belém, sem sair de casa!

2015-05-22 14.54.20

Ingredientes:

1 base de massa folhada (usei de formato redondo)
200g leite
200g natas
150g açúcar
50g farinha
4 gemas
1 casca de limão
1 pau de canela
12 formas de alumínio para pastéis
açúcar em pó e canela q.b. para polvilhar

Preparação:

1. Colocar todos os ingredientes no copo, EXCEPTO a casca do limão e o pau de canela.
Misturar 8Seg./Vel.4

2015-05-22 11.44.15

2. Colocar a borboleta, juntar a casca de limão e o pau de canela.
Programar 15Min./90º/Vel. 1

2015-05-22 11.45.53 2015-05-22 12.05.00

3. Enquanto o recheio é preparado: abrir a base de massa folhada e enrolar de forma a obter um canudo.

2015-05-22 11.00.15 2015-05-22 11.01.50

4. Depois da massa folhada estar toda enrolada, dividir em 12 pedaços com uma espessura de cerca de 1,5cm.

2015-05-22 11.02.22 2015-05-22 11.03.25

5. Untar as formas APENAS com manteiga e forrar com os pedaços de massa folhada.

2015-05-22 11.12.07 2015-05-22 11.44.20

6. Pré-aquecer o forno a 200º
7. Retirar a casca do limão e o pau de canela do creme.
8. Deitar o creme nas formas, mas não encher completamente.

2015-05-22 12.09.17

9. Levar ao forno durante cerca de 20Min. ou até verificar que está cozido.

2015-05-22 12.20.39 2015-05-22 12.46.36

10. Desenformar, polvilhar com açúcar em pó e canela.
Acompanhar com um café e comer apenas UM! :D

Foto “gentilmente” cedida pelo meu marido e que passo a citar:

“Uma forma diferente de acabar um excelente almoço no melhor "restaurante" do mundo (em minha casa!).
Café ‪#‎nespresso‬ acompanhado de um fantástico pastel de nata ‪#‎homemade‬ by ‪#‎bimbycesdacristina‬.”

10995634_10204091121504779_7778952558931848542_n

Marcas Technorati: ,

quinta-feira, 21 de maio de 2015

Pudim de Chia com Morangos e Nozes…

Hoje trago-vos uma sugestão muito saudável, é uma receita tão, tão, mas tão simples de preparar e ao mesmo tempo também é super nutritiva.
O pudim de chia pode ser preparado com qualquer tipo de leite, na receita de hoje usei leite magro.
A chia tem um poder saciante que aliado a uma dieta saudável é excelente para perder peso.
A textura é muito agradável e o sabor é quase neutro.

2015-05-21 18.09.29

Ingredientes:
200ml de leite magro (podem usar outro leite a vosso gosto)
3c. sopa de sementes de chia
Fruta fresca a gosto (usei morangos)
Frutos secos a gosto (usei nozes)
Mel
Preparação:
1. Pesar o leite num frasco de vidro.
 
2015-05-19 14.58.08 
2. Juntar as sementes de chia.
Agitar bem.
Reservar no frigorífico durante pelos menos 6 horas, agitando de vez em quando, até o leite ficar completamente absorvido.
Podem também deixar a repousar durante a noite e consumir ao pequeno almoço.

2015-05-19 14.58.58 2015-05-19 14.59.51
3. Se fizeram durante o dia, podem ir agitando de vez em quando, até o leite ficar completamente absorvido.
Iremos obter uma consistência gelatinosa.

2015-05-19 15.01.01 2015-05-21 18.00.57

4. No momento de servir, deitar numa taça ou servir mesmo em potinhos de vidro. Adicionar o mel, a fruta e frutos secos a gosto.

2015-05-21 18.17.06