Blogue Patrocinado Por

Blogue Patrocinado Por

domingo, 29 de março de 2015

Folar de Azeite ou Bolo Amarelo…

Nesta altura do ano e com a proximidade da Páscoa, não há casa cá pela minha terra que não tenha um folar destes à mesa, assim como por muitos outros locais da Beira Alta e suas esbatidas fronteiras, quase a confinar com o Alto Douro.
Atualmente, chamam-lhe o Folar de Azeite, mas eu sempre o conheci com outro nome, ele é: o Bolo Amarelo!
Os ovos caseiros e o azeite do olival dos meus sogros, são os ingredientes que fazem toda a diferença na sua confeção.
Este bolo de azeite é um folar, mas não é doce.
O seu miolo é fofinho e leve com tons dourados.
É um folar trabalhoso (sem Bimby), mas com a Bimby é muito mais fácil.
É uma receita que leva o seu tempo, mas compensa, pois no final, fica bonito e grande!
Esta foi a minha primeira experiência neste mundo dos folares e não me saí nada mal ;)
E porque o fiz?
É tradição obrigatória na Beira Alta, bem no interior, no Domingo de Páscoa, as madrinhas de batismo, oferecerem aos seus afilhados este Folar de Azeite ou Bolo Amarelo.
Este é o meu primeiro ano como Madrinha de batismo e a minha afilhada, Camila, hoje ofereceu-me o Ramo e eu no próximo domingo, vou ter que lhe dar o Folar.
Sendo ela, a minha primeira afilhada quero muito fazer a diferença e manter a tradição.
Assim, hoje foi dia de pela primeira vez testar a receita de família. ;)
2015-03-29 17.48.28

Ingredientes:
Para o isco de levedura:
80g farinha T55
1/2 copo medida de água quente
25g de fermento fresco de padeiro OU 1 saqueta de 7g FERMIPAN
Para a massa:
500g de farinha T55
5 ovos caseiros (temperatura ambiente)
150ml leite morno
100ml de azeite
Preparação:
1. Deitar no copo a farinha para o isco da levedura, o fermento e água quente.
Programar 2Min./50º/Vel.1
Deixar dentro do copo durante 30Min. ou até dobrar de volume.

2015-03-29 13.25.37 2015-03-29 13.25.55
2015-03-29 13.30.47 2015-03-29 14.06.39

2. Adicionar a farinha e os ovos.
Programar 2Min./Vel. Espiga

2015-03-29 14.08.28 2015-03-29 14.11.02

3. Programar 3Min./Vel.Espiga e adicionar pelo bucal, nos intervalos da Vel. Espiga em que a Bimby descansa, o leite morno.

2015-03-29 14.12.15 2015-03-29 14.14.44

4. Programar mais 3Min./Vel. Espiga e com o copo medida inserido verter o azeite devagar, para que este seja incorporado na massa, lentamente.

2015-03-29 14.16.09 2015-03-29 14.17.04
2015-03-29 14.18.30 2015-03-29 14.19.03

5. Deitar a massa num alguidar grande, que deve estar polvilhado com farinha.
Esta massa vai crescer bastante.
Polvilhar por cima com farinha.
Envolver o alguidar com um cobertor de bebé ou com uma matinha polar.
Tapar com um pano de algodão e tapar bem, colocar dentro do forno desligado durante 2horas.

2015-03-29 14.23.04 2015-03-29 14.25.54

6. Como podem verificar na segunda fotografia, no centro o cobertor tem um alto.
A massa está levedada. :)

2015-03-29 14.26.38 2015-03-29 16.10.17

7. Polvilhar a bancada onde vai trabalhar a massa com farinha.

2015-03-29 16.10.50 2015-03-29 16.14.17

8. Com a ajuda da espátula baixar a massa dentro do alguidar.
Polvilhar com mais um pouco de farinha e descolar a massa das paredes do alguidar.

2015-03-29 16.15.28 2015-03-29 16.16.33

9. Quando a massa estiver já bem soltinha, deitar a massa na bancada.
Formar uma bola. Se necessário, adicionar mais um pouco de farinha, de modo a que a massa não cole nas mãos.

2015-03-29 16.17.27 2015-03-29 16.18.51

10. Pré aquecer o forno a 200º.
Forrar o tabuleiro que irá ao forno com uma folha de papel vegetal.
Quando colocar a massa no forno, dobrar a bola a meio, como se fosse um livro.
Pincelar toda a superfície com azeite.
Diminuir a temperatura para os 180º/30Min.
2015-03-29 16.19.13 2015-03-29 16.19.46

11. É trabalhoso e demorado, mas o resultado final compensa tudo, acreditem!
Retirar do forno e deixar arrefecer embrulhado num pano de algodão, isto se resistirem a não cortar uma fatia.
Claro que foi o que eu fiz, orgulhosa como estava do meu feito, telefonei imediatamente aos meus pais que vieram lanchar connosco.
Quente, ainda a fumegar foi degustado.
2015-03-29 17.32.02 2015-03-29 18.08.06

12. Só por curiosidade, pesei…

2015-03-29 18.03.28

13. Enquanto, preparava o lanche a minha mãe relembrou os dias de Páscoa na casa da minha Avó.
No dia em que se fazia a Visita Pascal, as mesas decoravam-se assim, com panos e toalhas de renda branca imaculada, onde se colocava:
uma laranja, com uma moeda, que alguém levaria no saquinho para a Igreja;
um cálice de vinho para o Sr. Padre degustar, mas só ele;
e a cruz para festejar a Ressurreição de Jesus de Nazaré.
2015-03-29 17.45.54

Na minha terra, a oração que se diz neste dia é assim:
Páscoa é libertação, é amor e renovação da fé, em Nosso Senhor.
Ele, sua vida nos deu demonstrando seu imenso amor.
Sim, por nós Ele morreu, mas na glória ressuscitou.
A mensagem que a Páscoa traz é de amor alegria e esperança, de que no mundo possa haver paz.
Abramos o coração, Páscoa é tempo de partilhar tempo de doar, de fraternidade e comunhão.
É tempo de amar e ao próximo estender a mão.
Aleluia! Aleluia! Cristo ressuscitou!
Feliz Páscoa, para todos vós!

Sugestão:
Podem acompanhar com queijo fresco, compotas, geleias, salpicão, presunto…
Santa Páscoa para todos!

6 comentários:

  1. Ficou muito bonito o teu folar, gostei muito bjokitas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Belinha Gulosa.
      Bjinhos também para ti
      ;)

      Eliminar
  2. Gostei muito da receita. Onde nasci não há esse costume mas na terra do meu Ex era assim, iamos lá todos os anos na Páscoa e a mesa tinha de estar sempre pronta à espera da chegada do padre para o beijo no menino Jesus.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Pinta Roxa
      Recordar é viver :)
      Feliz Páscoa <3

      Eliminar